Cidadeverde.com
Geral

Ex-sargento da PM é baleado em plena rua com 2 tiros a queima roupa

Imprimir

Atualizada às 12h25

O ex-sargento da Polícia Militar Silvestre Gomes de Sousa Neto foi alvejado com dois tiros por volta das 9h40 na rua Alagoas, bairro Pirajá, zona norte de Teresina.


Fotos: Yala Sena/CidadeVerde.com



Segundo a polícia, um indivíduo o abordou no meio da rua e desferiu quatro tiros contra a vítima. Uma testemunha que presenciou o fato contou que a vítima estava em uma motocicleta Honda Fan vermelha conversando com um outro motociclista num veículo amarelo. Ao chegarem no cruzamento das ruas Alagoas com Almirante Tamandaré, próximo à Uespi, o agressor disparou contra a vítima.



Segundo o policial do Rone William Viana (foto), um dos tiros teria acertado o peito do lado direito e um outro no abdomen. O ex-sargento ainda conseguiu sair da moto mas caiu cerca de três metros depois. A população chamou o Samu que o levou para o Hospital de Urgências de Teresina.



De acordo com o capitão das Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone), Fábio Abreu, Silvestre foi expulso da polícia e chegou a ser preso por estar envolvido numa série de assaltos. 

O sargento foi expulso em março de 2004 e foi acusado de fornecer armas de grosso calibre para assaltos a banco e fazer parte do grupo do ex-coronel Correia Lima.

Cirurgia – Terminou há pouco a cirurgia para a retirada dos projéteis no abdômen do ex-sargento. A cirurgia durou cerca de 3 horas e, segundo a assessoria de imprensa do HUT, o estado do paciente é estável e Silvestre Gomes se encontra na sala de recuperação. 





Flash de Yala Sena e Adriana Cláutenes
Carlos Lustosa Filho
[email protected]

Imprimir