Cidadeverde.com

Promotor representa contra juiz que mandou soltar Correia Lima

O promotor Rodrigo Roppi [foto] entrou com uma representação contra o juiz José Ribamar de Oliveira, da 1ª Vara Criminal de Parnaíba, que mandou soltar o ex-coronel José Viriato Correia Lima para tratamento de saúde. Segundo o promotor, a decisão causou "completo arrepio" no Ministério Público.


"A decisão de primeira instancia não estava fundamentada, não dizia como seria o acompanhamento desse período em que ele estaria solto, não dizia onde seriam os exames, nem se o prazo seria suficiente para o tratamento. Isso já vem acontecendo diuturnamente com vários presos perigoso. Correia Lima é apenas o caso mais famoso", comenta.





O promotor questiona as decisões do juiz José Ribamar e afirma que em maio entrou com uma representação contra o magistrado na Corregedoria do Tribunal de Justiça. "Eu comecei a observar que em várias decisões de soltura de presos ele não procurava o Ministério Público, nem mandava nos intimar para que a gente não pudesse se manifestar e não entrar com recurso. Quando eu descobri, comecei a procurar nos cartórios as decisões e ele começou a segurar meus recursos. Eu parti para os mandados de segurança, que são direto no TJ. Representei contra e estamos esperando a decisão da Corregedoria", afirma.


No caso Correia Lima, o promotor entrou com pedido de revogação da decisão, que acabou sendo concedido pelo desembargador Paes Landim. O ex-coronel deveria voltar para a prisão imediatamente. Porém, o promotor diz que ainda não foi dado cumprimento e espera que Correia Lima volte ainda hoje para a penitenciária.


O juiz José Ribamar não foi encontrado no Fórum de Parnaíba para comentar as declarações e nem através de telefone.


Matéria relacionada
Justiça revoga decisão e manda Correia Lima voltar para prisão


Leilane Nunes
[email protected]

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais