Cidadeverde.com
Geral

Ex-deputado Afrânio Nunes será sepultado no Cemitério São José

Imprimir
O ex-deputado Afrânio Messias Alves Nunes, 87 anos, que morreu vítima de infarto no Hospital de Terapia Intensiva (HTI), em Teresina, será sepultado hoje (03) às 17h30 no Cemitério São José. A informação é do seu filho, engenheiro Adolfo Nunes, que também foi deputado estadual por quatro mandatos na Assembleia Legislativa.

Fotos: Thiago Amaral/Cidadeverde.com

O corpo de Afrânio Nunes está sendo velado no Salão Nobre Deputada Francisa Trindade, no Palácio Petrônio Portella, da Assembleia Legislativa. O corpo chegou à Assembleia Legislativa por volta das 8h50.

O ex-deputado deixou seis filhos. Nasceu no dia 15 de fevereiro  de 1924, na cidade de Amarante. Afrânio Nunes estudou no Colégio Diosesano, em Teresina, com Lucídio Portela (ex-senador e ex-governador), Djalma Veloso (ex-deputado estadual e ex-governador) e o ex-deputado Sebastião Leal.


Também foi colega na Assembleia Legislativa, de José Raimundo Bona Medeiros, Alfredo Nunes, Humberto Reis, Juarez Tapety e do deputado Waldemar Macedo que inaugurou o Palácio “Petronio Portela”nova sede da Assembleia Legislativa, na administração do então governador Hugo Napoleão, além de muiitos outros.


Além de político Afrânio Nunes era advogado, professor e desportista. Foi presidente do Poder Legislativo Estadual, Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, presidente da União Democrática Nacional (UDN), fundador e presidente do River Atlético Clube e membro da Academia de Letras do Médio Parnaíba. Escreveu o livro “Homens e fatos do meu tempo”.

Também foi Secretário de Educação no Governo Chagas Rodrigues (1959-1962) e do Governo Tibério Nunes (1963).



Da redação
redacao@cidadeverde.com
Imprimir