Cidadeverde.com
Esporte

Ricardo Gomes sofre AVC em pleno jogo; estado do técnico é grave

Imprimir
O técnico do Vasco, Ricardo Gomes, deixou o estádio do Engenhão de ambulância neste domingo. O estado do treinador é considerado gravíssimo pela equipe do Hospital Pasteur, no Méier, Rio de Janeiro. Os exames revelaram que o comandante vascaíno sofreu um acidente vascular cerebral hemorrágico.


O acidente vascular hemorrágico acontece quando um vaso do cérebro se rompe e extravasa sangue para dentro do cérebro.


A operação do treinador começou às 20h20 e está sendo feita pelo neurocirurgião José Antônio Guasti. O principal objetivo da cirurgia é controlar a hipertensão intracraniana.

O médico do Vasco, Clóvis Munhoz, informou que a intervenção deve durar pelo menos 3 horas. "Ele está em coma induzido e respira por aparelhos. Os médicos vão fazer uma drenagem do coágulo que está na caixa craniana. Não há alternativa, se não operar ele morre. E na cirurgia também pode acontecer o pior. Depois da cirurgia precisaremos esperar pelo menos 72 horas para saber se ele terá sequelas".

Além da família, estão no hospital o presidente do Vasco, Roberto Dinamite, além de dirigentes do clube, o ex-jogador Geovani e o meia Felipe que falou da preocupação do elenco: "Tá todo mundo triste e torcemos para o Ricardo voltar o mais rápido possível".

Osmar de Oliveira, médico e jornalista da TV Bandeirantes, disse que conversou com três médicos ligados ao Vasco: "Eles informaram que a tomografia computadorizada acusou que 70% do área do cérebro de Ricardo Gomes estão tomados pela hemorragia. Um outro fato grave é que a ambulância utilizada não tinha UTI, o que é obrigatório, pelo Estatuto do Torcedor"
 
Ricardo Gomes passou mal por volta de 20 minutos do segundo tempo do clássico entre Flamengo e Vasco, neste domingo. O treinador vascaíno foi, inicialmente, atendido pelos médicos do clube no banco de reservas. Em seguida, com dificuldades de se movimentar, o treinador foi levado para o centro médico do estádio.

Após o atendimento, Ricardo Gomes foi transferido para o Hospital Pasteur, que fica próximo ao estádio.

Em fevereiro do ano passado, quando dirigia o São Paulo, o técnico foi internado com um AVC (acidente vascular cerebral).


Confira abaixo a íntegra do boletim médico

São Paulo, 22 de dezembro de 2010

11h

O técnico do São Paulo, Ricardo Gomes, deu entrada no Pronto Socorro do Hospital São Luiz - Unidade Morumbi na noite de 21/02, com quadro de parestesia (formigamento) no ombro direito.

Após avaliação clinica e neurológica, foi submetido a um estudo angiográfico e tomográfico de crânio, sendo detectada pequena alteração vascular cerebral e por medida de precaução, permaneceu internado na UTI, até esta manhã.

Neste momento encontra-se clinicamente estável, contactante, com todos os sinais vitais e neurológicos preservados, sem qualquer seqüela, o que possibilitou sua transferência para o quarto.

Permanecerá hospitalizado para continuidade da investigação diagnóstica, sem data prevista de alta.

Departamento Médico - São Paulo Futebol Clube
Diretoria Médica - Hospital São Luiz - Unidade Morumbi



Fonte: Uol
Imprimir