Cidadeverde.com
Esporte

O calendário da CBF para 2012 mantém as Séries C e D

Imprimir
O Campeonato Brasileiro da Série D não tem despertado tanto interesse do público e de possíveis patrocinadores. Apenas o Santa Cruz de Recife consegue grandes arrecadações nos seus jogos no Estádio do Arruda.





No decorrer da semana foram muítos os comentários colocando em dúvida a sua manutenção no calendário do CBF para 2012. O jornal LANCE abordou o assunto assim:


- Será que a Série D acaba este ano ? A pergunta pode parecer exagerada,mas retrata o impasse criado por causa da briga judicial envolvendo um triângulo nada amoroso: Anapolina, Tocantinópolis e Itumbiara.



 O capítulo mais recente foi anunciado quando o Superior Tribunal de Justiça Desportiva(STJD) voltou a adiar a partida entre Anapolina e Tocantinopolis, que estava marcada. No mesmo processo, o Tocantinópolis foi acusado de, incentivado financeiramente pelo Itumbiara, promover um cai-cai para encerrar a partida antes que o Anapolina conseguisse o resultado para se classificar.


Na Série C a confusão foi grande, com acusações de "entrega de jogo", envolvendo Campinense de Campina Grande, Fortaleza e CRB de Alagoas.


E não faltaram opiniões de que as duas divisões deveriam ser juntas em apenas uma, com maior número de clubes.


A CBF, porém, manteve tudo como está para 2012. As duas divisões serão iniciadas no dia 27 de maio e ficam mantidos os atuais sistemas de disputa.


O calendário do futebol brasileiro para a próxima temporada já foi publicado e não sofrerá alterações. Está assim:


- Campeonato Brasileiro da Série A : de 20.05 a 02.12


- Campeonato Brasileiro da Série B : de 19.05 a 24.11


- Campeonato Brasileiro da Série C : de 27.05 a 07.10


- Campeonato Brasileiro da Série D : de 27.05 a 30.09


- Copa do Brasil : de 07.03 a 25.07


- Copa do Brasil/Futebol feminino : de 03.03 a 12.05


- Campeonatos Estaduais: de 22.01 a 13.05


Alguns clubes brasileiros ainda estarão participando da Taça Libertadores da América e da Copa Sul-Americana.



Dídimo de Castro
[email protected]
Imprimir