Cidadeverde.com
Economia

Pesquisa feita pela CNI revela que atividade industrial caiu em outubro

Imprimir
A atividade industrial apresentou queda em outubro. Segundo dados da CNI (Confederação Nacional da Indústria), os indicadores industriais mostram um quadro que vem se repetindo desde o fim do segundo trimestre desse ano. Todos os indicadores industriais, com exceção do faturamento, que cresceu 1,4% em relação ao mês anterior, registraram queda.


Segundo Renato da Fonseca, Gerente Executivo da CNI, o aumento do faturamento pode ser explicado pelo excesso de estoques na indústria. "Com os estoques elevados as empresas estão reduzindo a produção para que os eles sejam desovados e voltem aos seus níveis normais", afirmou. É o 5º mês consecutivo que o faturamento apresenta crescimento.

A indústria operou, em média, com 81,4% da capacidade instalada, o que representa uma queda de 0,3% em relação ao mesmo indicador do mês anterior, repetindo a tendência de queda já observada no mês de setembro, quando o nível de ocupação da indústria já havia caído 0,6%. Este resultado, segundo o Economista da CNI, Marcelo Ávila, é o menor patamar desde fevereiro 2010 e é resultado da queda na produção provocado pelos altos estoques.

Em relação ao mercado de trabalho, as horas trabalhadas caíram 0,5%, em comparação com setembro e o nível de emprego voltou a subir crescendo 0,2%. No mês anterior o índice tinha tido queda de 0,3%. A massa salarial real em outubro caiu 1,1% em relação ao mês anterior. Com relação a 2010, o número é 2,5% maior.

Fonte: Folha
Imprimir