Cidadeverde.com

Oeiras intensifica ações e reforça atendimento para conter avanço da pandemia

Foto: ascom

“Acorda, Oeiras! A pandemia não acabou. O vírus não cansa de fazer vítimas”. Nesta quinta-feira, 11, os oeirenses amanheceram com essa mensagem. Paredões de som percorreram toda a cidade, levando o apelo pela vida, logo no início da manhã. Em seguida, educadores sanitários visitaram pontos de grande fluxo de pessoas no Centro da cidade, reforçando as medidas de prevenção. A ação foi promovida pela Secretaria Municipal de Saúde, que está intensificando as atividades de educação sanitária para conter o crescimento dos casos de Covid-19 em Oeiras.

O município vive o momento mais crítico da pandemia. Dos 222 casos ativos no município, até esta quarta-feira, 207 pessoas estão em tratamento domiciliar, 11 internadas em leitos clínicos e 04 pacientes estão na UTI do Hospital Regional.

Para garantir melhor assistência aos oeirenses neste cenário de agravamento da crise sanitária, a Prefeitura de Oeiras também está reforçando o atendimento médico na Unidade Covid-19 de Atenção Primária à Saúde. Aberta todos os dias, das 7h às 19h, a Unidade Covid-19 é hoje a principal referência para o atendimento de pessoas com síndromes gripais e sinais suspeitos da doença no município.

O serviço conta com uma equipe multiprofissional, composta por médicos, enfermeiros, biomédico, bioquímico, técnicos de enfermagem e técnicos de laboratório, preparados para acolher, cuidar e prestar toda assistência à população oeirense. Na terça-feira, 09, a Secretaria Municipal de Saúde reuniu profissionais que atuam na Unidade Covid-19 para traçar novas estratégias de redirecionamento de fluxo e maneiras de ampliar e qualificar ainda mais o atendimento no centro de referência.

Zona rural                                          

Com o aumento expressivo dos casos de Covid-19 na zona rural, a Coordenação de Vigilância Sanitária, reuniu na terça-feira, 09, líderes comunitários de diversas localidades rurais de Oeiras para reforçar a importância do cumprimento das medidas de isolamento e proteção. O objetivo é barrar aglomerações inconsequentes e evitar o aumento da transmissão do coronavírus no município.

Da Redação
[email protected]