Cidadeverde.com

Coveiro é suspeito de violar sepultura e praticar sexo com cadáver

Um possível caso de necrofilia, sexo com cadáveres, foi registrado no cemitério da Igualdade, no centro de Parnaíba, a 318 km de Teresina. De acordo com o comandante do 2º BPM, major Adriano Lucena, a Polícia Militar foi acionada por moradores por volta das 7h, deste domingo (30), e quando chegou ao local, constatou um túmulo violado e o corpo de uma mulher despido. 

Fotos: BlogdoPessoa

"Os moradores avisaram a equipe que tinha um corpo fora do túmulo. Ao chegar no cemitério, encontraram o cadáver de uma senhora sem roupa e uma cova aberta. Pela posição do cadáver, a suspeita é que a idosa tenha sido desenterrada e violentada sexualmente. A suspeita recaiu por um dos coveiros, que estava com sinais de embriaguez e foi levado para a Central de Flagrantes. Ele falou frases desconexas aos policiais que começaram a suspeitar dele", explicou major Lucena.

Ainda de acordo com o comandante, a idosa- que não teve a identidade confirmada- teria sido enterrada ontem. O suspeito, que atualmente trabalhava como coveiro, seria ex-presidiário, de acordo com a PM. 

"A área foi isolada e foi feito todo o levantamento pericial. O coveiro presta depoimento na Central de Flagrantes e será submetido a exame de corpo de delito. O corpo foi levado para o IML e será analisado para confirmar se há algum fluido na vítima em decorrência dos possíveis abusos sexuais", reitera o comandante do 2º BPM.

 


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com