Cidadeverde.com

Em meio a pandemia, van "abandona" 13 bolivianos na rodoviária de Picos

Foto: Google Maps

Em meio a pandemia do novo coronavírus , mais de dez bolivianos foram deixados no Piauí na noite dessa quarta-feira (1).  O secretário de Saúde de Picos, Júnior Santos,  confirmou que treze imigrantes desembarcaram ontem na Rodoviária da cidade, que fica a 321 Km de Teresina. 

A van que transportava o grupo de bolivianos foi embora da rodoviária após deixá-los. O secretário de Saúde afirma que eles estão bem de saúde e não apresentam qualquer sintoma do novo coronavírus. 

No entanto, para evitar disseminação da Covid-19, a cidade restringiu a entrada e saída de veículos e a prefeitura quer, ainda nesta quinta-feira (2), tirar os bolivianos da cidade.

No grupo há dois bebês. O secretário Júnior Santos afirma que a coordenação de Vigilância Sanitária, Assistência Social e Ministério Público Estadual e Federal estão acompanhando a  situação.

“Temos o lado humano, estamos dando um suporte, como alimentação. Mas hoje mesmo eles devem retornar”, adianta o secretário.

Segundo o secretário de saúde, o grupo informou que firmou moradia em Açailândia (MA), depois, com promessa de emprego, foram para Feira de Santana (BA). “Eles disseram que a prefeitura de Feira de Santana mandou deixar eles em Petrolina (PE) e a prefeitura de Petrolina os colocou em uma van para a cidade de Picos. Mas isso é o que eles dizem”, conta.

O procurador geral do município, Maicon Luz, conta que as equipes de assistência social estão analisando como fazer o traslado dos venezuelanos para a cidade de Açailândia, no Maranhão. 

A Vigilância Sanitária de Picos informou ao Cidadeverde.com que a prefeitura já está providenciando um veículo para deixar os imigrantes de volta em Açailândia, no Maranhão.

"Eles não têm documento e fazem trabalho itinerário. A prefeitura já está providenciando o retorno deles", disse Lúcia Neiva, da Vigilância Sanitária.

Izabella Pimentel
[email protected]