Cidadeverde.com

Casal que saiu de SP com carro adulterado é preso em Picos

Foto: PRF

Um casal foi preso suspeito de tentar vender uma picape totalmente adulterada no Piauí. O casal saiu de São Paulo e foram presos em hotel de Picos. Uma mulher de 27 anos relatou aos policiais que recebeu o valor de R$ 10 mil para sair com o carro da região sudeste do país e levá-lo até o comprador do município piauiense. Não há informações sobre esse possível comprador. 

No momento da prisão, ela relatou que convidou o marido a dirigir o veículo e disse que a negociação ocorreu por meio virtual. Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar realizaram a prisão do casal e a apreensão do carro. 

"A ação aconteceu quando os policiais abordaram o casal, que estava hospedado em um hotel às margens da rodovia da BR-316. Com o casal, os policiais encontraram o veículo que apresentava os seus elementos de identificação completamente adulterados.    Eles não conseguiram identificar o veículo original. Indagada pelos policiais, a mulher informou que foi contratada para levar o veículo de São Paulo até a cidade de Picos. E informou também que o companheiro foi convidado por ela apenas para conduzir o veículo", disse o inspetor da PRF, Alexandre Lima. 

O inspetor afirmou que o casal foi levado para a Central de Flagrantes de Picos, que poderá responder pelos crimes de adulteração de sinal identificador de veículo automotor  (art. 311 da Lei 2.848/1940 - Código Penal) e por fraude e estelionato cibernético.


Carlienne Carpaso
[email protected]