Cidadeverde.com

Morre o médico Oscar Neiva Eulálio, ex-prefeito de Picos

Foto: Câmara Municipal de Picos

Morreu na madrugada desta sexta-feira (24), em Teresina, o médico Oscar Neiva Eulálio. Ele tinha 89 anos e estava internado no Hospital da Unimed com pneumonia. O médico fundou o primeiro hospital particular de Picos, município onde morava.

Oscar Neiva Eulálio foi prefeito de Picos de 1967 a 1970 e ocupou uma cadeira na Assembleia Legislativa do Piauí por três mandatos.

O governo do estado e a prefeitura de Picos decretaram luto oficial por três dias.

Veja as notas divulgadas:

O Governo do Estado do Piauí lamenta o falecimento de Oscar Neiva Eulálio, nesta sexta-feira (24). Oscar Eulálio era médico e visionário, fundador do primeiro hospital particular da cidade de Picos. Foi prefeito de Picos e deputado estadual por três mandatos sempre lutando por melhorias para os picoenses.

Neste momento de dor, em nome dos piauienses, o governador Wellington Dias se solidariza com os familiares e amigos de Oscar Neiva Eulálio e decreta luto oficial de três dias.

A Prefeitura Municipal de Picos (PMP) manifesta pesar pelo falecimento do ex-prefeito de Picos, Oscar Neiva Eulálio, 89 anos, ocorrido na madrugada desta sexta-feira (24). Em virtude dos relevantes serviços prestados para o Município, a PMP decreta luto oficial de três dias. Durante sua trajetória política, Oscar Neiva Eulálio foi prefeito de Picos de 1967 a 1970 e ocupou uma cadeira na Assembleia Legislativa do Piauí por três mandatos. Médico conceituado, ele fundou o primeiro hospital particular de Picos, o Hospital Dr. Oscar. Em nome do prefeito Pe. Walmir Lima, a PMP se solidariza com familiares e amigos.

Da Redação
[email protected]