Cidadeverde.com

Picos registra 62 ocorrências de incêndios neste mês; três em um dia

Foto: Divulgação Bombeiros Picos

O município de Picos registrou somente no mês de julho, 55% dos incêndios dos primeiros sete meses do ano na cidade. Foram 62 ocorrências, sendo três delas nesta segunda-feira(27). Os focos de grandes proporções foram controlados pelo Corpo de Bombeiros, com ajuda do município e de militares do Exército. 

Os incêndios ocorrem em vegetação seca, na maioria das vezes, realizados por populares. Os de ontem atingiram os bairros Belo Norte, Catavento e Ipueira. 

“Foram três ocorrências de grande vulto, onde a guarnição terminava uma e partia para outra sem ter tempo nem de ir ao quartel. Contamos com apoio das secretarias e do 3º BEC que nos auxiliou e conseguimos controlar o fogo”, explicou o comandante do Corpo de Bombeiros em Picos, tenente Hamylton Lemos. 

De acordo com o comandante, em todo o primeiro semestre foram 112 ocorrências, e mais da metade foram em julho, devido as condições climáticas estarem mais favoráveis. Ele destaca que é importante que a sociedade de conscientize que precisa evitar criar focos. 

“A orientação que nós repassamos à sociedade de não colocar fogo na vegetação para limpar o terreno para o plantio, porque quando se coloca, empobrece o solo e contribui para desertificação em um o futuro próximo. Também argumentamos que estamos passando por um momento de pandemia da Covid que afeta diretamente nosso trato respiratório e nossa região que tem ventos fortes, baixa umidade do ar e uma temperatura alta são fatores que contribuem para grandes incêndios”, destaca o bombeiro. 

O comandante pede ainda que as pessoas denunciem quando virem alguém colocando fogo ao 193 ou à secretaria de Meio Ambiente. 

 

Caroline Oliveira
[email protected]