Cidadeverde.com

'Jovens estão chegando com formas graves da covid', alerta diretor de hospital

Pacientes infectados pelo novo coronavírus têm apresentado formas mais agressivas da doença. Tércio Luz, diretor técnico do Hospital Justino Luz, em Picos, diz que a situação é preocupante e que jovens estão contraindo a forma grave da doença e necessitam de entubação. 

"Não é só o número que nos preocupa. O que tá acontecendo é que estamos vendo doentes com uma forma de doença mais agressiva, ou seja, já chegam com comprometimento pulmonar extenso e invertendo as curvas epidemiológicas: mais jovens estão chegando com formas graves da doença, inclusive sendo entubados. A preocupação é que quantos mais casos se tem da doença, mais pacientes são internados e vão precisar de UTI. É uma doença que não tem um tratamento específico. A gente melhorou os cuidados com os pacientes, mas ainda há muito o que se descobrir sobre um tratamento realmente curativo específico", disse Luz. 

Atualmente, a cidade de Picos tem 20 leitos de UTIs, sendo que 13% estão ocupados. A ocupação é de 65%, mas já chegou a 90% no início da semana. Sobre a abertura de mais leitos, Tércio Luz ressalta que falta espaço físico. 

Foto: Ascom HRJL

"Esta semana chegamos a 90% de ocupação dos leitos. Com altas e óbitos ocorridos estamos em 65%. Todo hospital está ocupado. Temos 30 leitos de UTI, mas dez são de UTI geral que tem uma demanda muita alta e não tem como retirá-la da parte hospitalar. Às vezes, a população fica com a expectativa de um ventilador mecânico que é o mais fácil. O Ministério da Saúde e Secretaria de Saúde do Estado conseguiram garantir o fornecimento. O problema é que por trás do ventilador há uma equipe multiprofissional com médico, fisioterapeuta, técnico em Enfermagem e, muitas vezes, esses recursos humanos não são possíveis de conseguir", explica Luz. 

A cidade de Picos fica no Território Rio Guaribas e é referência para  45 municípios, totalizando quase 500 mil habitantes. 


Graciane Sousa
[email protected]