Cidadeverde.com

Rejane Dias se reúne com diretores da região de Picos para traçar estratégias para Educação

A Secretária de Estado da Educação e Cultura, Rejane Dias, acompanhada por uma equipe técnica da pasta, esteve  reunida com os diretores e supervisores que compõem a 9° Gerência Regional de Educação (GRE), localizada no município de Picos. A GRE abrange 22 municípios, contabilizando 57 diretores.

“A melhoria da Educação em nosso Estado é prioridade, temos metas para serem cumpridas,  e para isso estamos visitando as GREs para conhecer de perto as necessidades de cada escola e traçarmos, em conjunto com os diretores, estratégias para melhorarmos os nossos índices”, afirma Rejane Dias.

Entre as metas estabelecidas para a educação no Estado, destacam-se: ficar entre os dez melhores IDEBs no ranking nacional (atualmente o Piauí ocupa a 19° posição), reduzir a evasão escolar e equacionar a quantidade de professores por aluno (25 alunos para cada professor). Para incentivar os diretores e professores das escolas, a Seduc, em conjunto com o governo do Estado, está elaborando meios de premiar aqueles que alcançarem essas metas.

A Seduc também está elaborando uma prova para avaliar os alunos da rede estadual. “No Piauí temos escolas com um IDEB excelente e outras com um índice muito baixo. Nossa intenção é de padronizar este índice e criarmos um IDEB próprio, que consiga avaliar todas as 670 escolas do Estado”, afirma Rejane Dias.

Na reunião com os diretores da GRE, a principal demanda apresentada para as escolas foi a de melhoria nas estruturas físicas (obras paralisadas e estrutura física comprometida). Para resolver está situação, a Seduc está destinando um montante de R$ 750 mil para negociar as dívidas, orçada em R$ 50 milhões, com as construtoras que já estão retomando as obras. A equipe técnica da Seduc também está atualizando o Sistema Integrado de Monitoramento de Execução e Controle (Simec), do Ministério da Educação – MEC, e liberando recursos que estavam bloqueados no FNDE para as obras da educação no Estado. Na Gerência de Obras da Seduc, há uma equipe de engenheiros visitando as escolas que estejam com problemas na estrutura física e encaminhando para a sede as providências que devem sem tomadas (interdição, reforma, reparo).

Em relação ao quadro de professores, a maior parte dos diretores afirmaram que está completo. Apenas alguns, em sua maioria em Picos, alegaram estarem faltando professores. “A maior parte destes professores estão licenciados, nós já estamos convocando substitutos para ocuparem esta vaga”, afirma a diretora da Unidade de Gerência de Pessoas (UGP) da Seduc, Francisca Mascarenhas.

Uma outra reclamação dos diretores foi a da perturbação sonora causa por bares e trailers próximos as escola. Para resolver esta situação, o Secretário Municipal de Educação de Picos, Valmir Lima, se comprometeu em fiscalizar e punir os casos de excesso.