Cidadeverde.com

Taxista é assassinado com golpes de faca ao reagir a assalto em Picos

Um taxista de 67 anos foi assassinado na noite de terça-feira (28) em um trecho da BR-020 na cidade de Picos, a 305 quilômetros de Teresina. Identificada como Raimundo Joaquim Manoel da Silva, a vítima foi atingida com golpes de faca durante uma corrida. Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito fugiu para Parambu, no interior do Ceará.

De acordo com o capitão Richarle França, da Polícia Militar, após ser esfaqueado, Raimundo Batata, como era mais conhecido, ainda conseguiu pedir socorro antes de morrer vítima dos golpes. Ele sofreu perfurações no pescoço e no abdômen, além de várias lesões pelo corpo.

"Por volta de 21h30, o taxista retornou ao Posto Fiscal de Três Morrinhos pedindo ajuda todo ensanguentado. O motorista de um caminhão, a pedido de uma senhora dona de uma lanchonete, resolveu ajudar. Ele levou carro até encontrar uma viaura do SAMU. Os profissionais prestaram socorro e levaram a vítima para o hospital, mas ele já chegou sem vida lá", contou o policial militar.

Policiais militares fizeram diligências logo após o crime e descobriram que o responsável pelos golpes fugiu em direção à cidade cearense de Parambu. Antes de fugir, ele esqueceu uma mochila e uma mala no táxi da vítima. "Esse material está com a Polícia Civil. Nele, devem ser encontrados indícios que possam identificar as digitais do suspeito", disse o capitão França.

Raimundo Batata trabalhava como taxista no Terminal Rodoviário Zuza Baldoíno, em Picos. 

Flávio Meireles
flaviomeireles@cidadeverde.com