Cidadeverde.com

Falha no sistema de recadastramento de servidores gera longas filas

Em Picos, a 2ª fase do recadastramento começou ontem (06) e os servidores estaduais tiveram que enfrentar longas filas. Esta etapa é voltada para ativos, inativos, pensionistas picoenses e de outras 22 cidades da macrorregião, nascidos nos meses de janeiro e fevereiro. O procedimento segue até o próximo dia 13, no antigo prédio da Uespi, e em média 5 mil pessoas estão sendo convocadas. 

Além das filas, o servidor esperou em média quatro horas para receber atendimento, outro reclamação recorrente era a falta de informação. Uma falha no sistema de cadastro também aumento a espera dos servidores estaduais. Em Picos, por dia, estão sendo distribuídas 120 senhas, quantidade considerada insuficiente. 

"O sistema está fora do ar, mau organização e as pessoas que têm prioridade não estão tendo seu direito respeitado", reclamou a professora Maria Madalena de Moura.

De acordo com Reginaldo Marques, supervisor de recadastramento, o problema será resolvido e nenhum servidor deixará de ser recadastrado. O 

A Fase II do recadastramento é presencial e o servidor deve fazer a fotografia digital, coleta da biometria e a confirmação das informações. O servidor deverá levar um documento de identificação, CPF, comprovante de residência atualizado, certidão de nascimento dos dependentes, últimos contracheques, título de eleitor, Pasep/PIS ou NIT, certidão de nascimento ou declaração judicial de união estável, termo de posse/contrato de trabalho/portaria de admissão e certificado de conclusão de cursos (servidores ativos), portaria de aposentadoria (para os aposentados) e certidão de óbito do instituidor da pensão (para pensionistas).


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com