Cidadeverde.com

Mais de 70% adere à greve dos bancários e agências ficam fechadas

A greve dos bancários em todos o país se arrasta por quatro dias e a população tem enfrentado dificuldades para utilizar os caixas  eletrônicos e realizar transações bancárias como depósitos e saques. No município de Picos, 70% dos bancários aderiram à paralisação que segue por tempo indeterminado. Pelo menos cinco agências da cidade ficaram fechadas durante todo o dia. 

Nos últimos anos, os trabalhadores têm conquistado melhorias salariais por meio de mobilização. O piso da categoria é de R$ 1.796,45 e a categoria reivindica o reajuste de 16%. As negociações não têm avançado e até o momento a proposta de reposição apresentada pela Federação Nacional de Bancos é de apenas 5.5%. 

"O que existe por parte dos banqueiros é a intenção de desestabilizar mais ainda esse governo, que de certa forma, está perdido nessa situação", disse Fábio Neiva de Albuquerque, diretor regional do Sindicato dos Bancários.

Os bancários lutam também para coibir as metas abusivas impostas pelos bancos, assédio moral, portas giratórias com detectores de metais e mais segurança no interior das agências. 

Com o movimento grevista funcionam normalmente caixas eletrônicos, equipamentos na entrada das agências e transações bancárias como depósitos, saques de até mil reais. Estão suspensos pagamento nos caixas funcionais, compensação de cheque, financiamento e contratação de empréstimos, negociação de dívida e saques acima de mil reais. 

 

 

Com informações J. Pereira (correspondente da TV Cidade Verde)
redacao@cidadeverde.com