Cidadeverde.com

Garota ameaça adolescente em vídeo com canivete para desmentir boatos

Um vídeo gravado na cidade de Picos, a 306 km de Teresina, viralizou nas redes sociais. As imagens mostram um jovem sendo ameaçado sob a mira de um canivete. Ele que chega a ficar sem roupa após a agressora cortar as vestimentas com a arma branca. A vítima seria um adolescente de 16 anos que foi agredido pela garota, supostamente, após espalhar boatos de que teria mantido relações sexuais com ela. 

O vídeo- exibido no Notícia da Manhã- tem menos de 3 minutos e mostra a vítima, totalmente, sem chances de defesa. Em um dos momentos, a suspeita obriga ele a pedir desculpas. Uma outra pessoa- que também não foi identificada- também aparece nas imagens e é responsável pela gravação. 

Agressora: Por quê tu errou? Tu errou porque tu mentiu. Porque eu nem te conhecia. Olhe para a câmera e fale: desculpa, eu errei.

VítimaDesculpa, eu errei. 

Agressora: Pronto, lindo. Abre a boca de novo. Eu vou me formar em dentista, sabia? Eu vou ser uma ótima dentista. Deixa eu arrancar só um dente teu assim...Tá bem amoladinha, olha aqui! Tu tava dizendo que andou comigo, sem tu nem te conhecer, garoto. Cala a boca,s e não eu te mato! Os vizinhos estão olhando. Se chamarem a polícia eu te mato!

No vídeo, a suspeita faz ameaças constantes à vítima e ameaça perfurá-lo com o canivete, caso ele reaja. "Tu tá pensando que mexeu com quem? Tu tá pensando que eu sou...seu moleque. Tá pensando que eu sou comédia. Cala tua boca. Tira tua roupa. Se tu não quiser que eu te fure, que eu faça coisa pior, seu moleque..Tu não brinca com minha cara, não. Cala a tua boca, porque se tu falar, eu te furo e vai ser pior. Eu vou arrancar tua cabeça. Eu não sou comédia para tu ficar tirando onda da minha cara, não. Tu tá ligado!? Eu sou boazinha, eu sou ótima, mas quando mexem comigo eu sou pior que uma cascavel. Tu tá entendendo!? Olha para cá. Quantas vezes eu fiquei contigo?", disse a jovem em outro trecho do vídeo.

O promotor de justiça da 2ª Vara da Comarca de Picos, Leonardo Fonseca Rodrigues, confirmou o recebimento das imagens e diz que é possível observar os crimes de lesão, ameaça, constrangimento e exposição do adolescente. 

"Soube do constrangimento ao adolescente. Primeiro, vamos identificar os envolvidos, encaminhar para a polícia apurar a responsabilidade criminal e determinar medidas protetivas ao menor. Se for constatado o ilícito, a suspeita será processada e se for menor responderá por ato infracional", disse o promotor. 

Em entrevista ao Notícia da Manhã, Leonardo Rodrigues disse ainda que há informações sobre  quem seriam as pessoas que aparecem nas imagens, e que um deles seria maior de idade. 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com