Cidadeverde.com

Delegado de Picos é ameaçado por criminosos e faz desabafo no Facebook

Titular da Delegacia de Picos, o delegado Madson Oliveira fez uma longa publicação no Facebook na qual revela que foi ameaçado por criminosos da cidade localizada 305 quilômetros ao Sul da capital Teresina. No post, ele contou que sua cabeça foi colocada a prêmio, desabafou contra os bandidos e, com um discurso firme, chegou até mesmo a desafiá-los.

"No final desta semana, recebi mais um dos muitos recados enviados pela galera do Mal e do Esqueleto. Desta vez, mandaram dizer que querem me ver sem minha cabeça, colocando-a a prêmio", iniciou Madson Oliveira.

Inconformado, Madson Oliveira deixou claro que não se amedrontou com as ameaças. "Primeiro, digo a essa horda de canalhas que minha cabeça é muito feia e excessivamente grande para virar troféu, não serve, portanto. Segundo, gosto muito do jeito como ela está, sobre meu corpo, fixada na parte superior de meu pescoço, e de onde, também, não pretendo tirar".

Em sua publicação, Madson Oliveira, que assumiu a Delegacia de Picos em janeiro de 2014, desafiou os criminosos a mostrarem seus rostos e garantiu que está disposto a enfrentá-los. "É fácil mandar recados de intimidação, sem, muitas vezes, colocar o remetente na mensagem da ameaça. Desta última, soube até quem foram os supostos sicários que externaram pretensão de tentar contra minha vida".

"Olha, senhores do lado negro da força, alerto-os de que costumo trazer por companheira inseparável uma senhora que está apta a trabalhar, eficazmente, 24 horas e 7 dias por semana, pronta para mandar para os braços do Senhor dos Infernos, qualquer um que ousar tocar minha carne. Não vim a esta terra para brincar", completou.

"Receio de morrer qualquer um experimenta, agora, me acovardar, jamais, isso é apenas para pusilânimes, e garanto que tal não sou. Se eu tivesse medo de pôr a estrela no peito e tentar melhorar a Segurança da minha amada Terra do Piauí, já teria ido tentar fazer melhor uso dos poucos talentos que possuo em outra profissão. Enquanto fôlego eu tiver, não arredo um milímetro sequer para canalhas que ferem a sociedade. Assumo a vanguarda da batalha, e venham com seus exércitos de calhordas, mas estejam certo, também, de que o que vem de mal até mim terá, pelas leis imodificáveis da física, sempre retorno com forças proporcionais, já dispostas na Lei. Que Deus esteja ao meu lado, pois o bem procuro fazer. Assim seja", finalizou o delegado de Picos.

Formado em Jornalismo e Direito, Madson Oliveira comandou a Delegacia de Paulistana antes de assumir a Delegacia de Picos. Procurado pelo CidadeVerde.com para comentar sobre as ameaças, ele não atendeu, nem retornou as ligações.

Confira a publicação na íntegra:

Flávio Meireles
flaviomeireles@cidadeverde.com