Cidadeverde.com

Saúde retoma obra do novo hospital de Picos

Projetado para atender cerca de meio milhão de pessoas, de 60 municípios, as obras do novo hospital de Picos serão retomadas nesta quarta, 13, anunciou o secretário de Estado da Saúde, Francisco Costa. As obras foram iniciadas em 2010 e estavam paralisadas há quatro anos. Para isso, serão investidos R$51,6 milhões.

Os recursos para a construção do hospital são de emenda parlamentar do deputado Assis Carvalho no valor de R$ 34,6 milhões, com a contrapartida de R$ 17 milhões do Governo do Estado. A Prefeitura de Picos contribuiu com a doação do terreno.

“Fizemos uma série de encaminhamentos e ajustes técnicos para sanar as pendências e poder acessar o recurso para dar continuidade às obras. Nessa conjuntura, conseguimos resolver a burocracia que estava dificultando e agora retomaremos essa obra que vai ser importantíssimo para aquela população”, disse o secretário de Estado da Saúde, Francisco Costa.

O projeto original prevê 260 leitos de enfermaria, 24 leitos de UTI adulto, central de processamento de resíduos, auditório com 150 lugares, refeitório e biblioteca. A estrutura da unidade de saúde também funcionará como hospital escola para implantação do curso de Medicina pela Universidade Federal do Piauí (UFPI).  O curso de Medicina será iniciado no segundo semestre de 2016. A Universidade já lançou o processo de seleção de professores e o Enem 2015 será usado como base para o Sisu 2016.2.

Cerca de 60 municípios do Piauí, além de outros do Ceará e Maranhão, serão beneficiados com a obra. A região atendida vai desde Guaribas, região Vale do Canindé e parte da região do Vale do Sambito. 

O hospital deve ser construído em duas etapas.  Na primeira etapa, serão construídos 80 leitos, salas de cirurgias e UTIs, no primeiro pavimento. No projeto final, serão 260 leitos em três pavimentos.