Cidadeverde.com

Prédio da Uespi em Picos apresenta problemas na estrutura física

O prédio da Universidade Estadual do Piauí, em Picos, tem menos de dois anos. Por outro lado, os problemas na estrutura física do campus já aparecem. No local é possível perceber infiltrações no auditório, tomadas estão sem fiação e cabeamento elétrico sem proteção. Paralelo a isso, os estudantes reivindicam ainda laboratórios para todos os cursos, um restaurante universitário e reforço no acervo bibliográfico.

"Faltam pesquisa, extensão e até professores. A gente tem um prédio novo, consegue sentir o cheiro da tinta, mas não consegue sentir o cheiro dos livros. Acredito que a base de uma universidade são os professores e uma biblioteca", disse o estudante Fábio Rufino. 

Professores do campus de Picos também aderiram a greve que está prestes a completar um mês. Ao todo, 23 técnicos administrativos e 56 professores efetivos, entre mestres e doutores aderiram à paralisação. Os docentes querem que o Governo agilize questões relacionadas à promoções e progressões da categoria, autonomia financeira entre outros. 

"Se a Uespi tem a oportunidade de gerir os recursos, todos os campus seriam beneficiados, na medida em que os investimentos seriam diretos. A administração superior da Uespi teria condições de repassar, de fazer concurso, de pagar bolsas em dia", disse a professora Thaizi Helena Barbosa.

O diretor do campus, Evandro Alberto de Sousa, entende que o movimento dos professores é justo e que cabe ao Governo negociar os pleitos reivindicados pelo corpo docente e demais servidores da instituição.

"A gente faz um apelo para nossos representantes políticos, nossos deputados estaduais e federais, para que empenhem seus esforços de articulações financeiro e política em nome da nossa Uespi, que forma tantos cidadãos e transforma a vida de pessoas, muda a realidade da região. É preciso que haja uma unidade e bom senso", disse Sousa. 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com
Com informações J.Pereira (correspondente da TV Cidade Verde em Picos)