Cidadeverde.com

Pré-candidato destaca projeto de melhoria de infraestrutura em Picos

Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde.com

Com pelo menos cinco pré-candidatos na disputa pela prefeitura, as eleições prometem ser concorridas voto a voto na cidade de Picos, a 310 km de Teresina. Um dos que disputam é o empresário Júnior Nobre (PSC) que entra com uma proposta focada no desenvolvimento e na melhoria da infraestrutura.

Para o pré-candidato, que inicia com uma postura agressiva quanto à atual gestão, o momento ainda é de conversas com aliados e a população tendo em vista a montagem de uma nova proposta de governo para a cidade. “Picos não suporta mais gestores com o pensamento pequeno. Picos, sim, precisa de um gestor moderno, que esteja cercado de pessoas com capacidade de executar um projeto grande para a nossa cidade. Temos que tirar Picos da UTI que foi colocada ao longo desses 30 anos pelos nossos administradores”, destaca.

Nobre destaca que, com a mini reforma política, com 45 dias para campanha como candidato, terá um bom tempo para dialogar com partidos e trabalhar novas alianças e nomes para as disputas na Câmara. “Estamos conversando com partidos e fazendo uma conversa proporcional com os vereadores. Temos 22 pré-candidatos à câmara trabalhando com sentimento de renovação. Nossa proposta e trazer o programa e discutir”, explica.

Entre as propostas, o pré-candidato apresenta um novo esquema na administração, com um orçamento mais participativo e a descentralização do governo, com a criação de subprefeituras, bem como “planejamento com projetos grandes”, com melhorias na infra estrutura principalmente na educação e saúde. “Hoje temos sentimento de tristeza com relação à educação. Colégios sem infraestrutura, faltando merenda escolar. Então a nossa proposta hoje é primeiro, melhorar a infraestrutura, ter cuidado especial com o transporte, que isso é quem conduz os alunos, além de valorizar o docente desde a sua capacitação e valorização com um bom salário”, relata.

O pré-candidato destacou ainda alguns problemas com no município, que segundo ele, precisam ser repensados como uma cidade grande. “O que me faz motivar a ser pré-candidato é que temos uma cidade com potencial tanto no comércio como no serviço e está sendo mal gerenciada ao longo dos 40 anos. Se analisarmos, na área do esporte, não temos um ginásio poliesportivo, na saúde não temos um hospital de ponta, uma maternidade, uma UTI, uma UTI neonatal. Na área da segurança, não temos quase nada. Na área de lazer, nós não temos uma praça decente, adequada. Picos é uma cidade que foi esquecida, que foi tratada como uma cidade pequena de um gestor que não teve um cuidado necessário com a população”, finaliza.

Diego Iglesias
Redacao@cidadeverde.com