Cidadeverde.com

Picos: Segurança capacita Polícia Técnico-Científica

A Secretaria de Estado da Segurança Pública, por meio da Polícia Técnico-Científica, iniciou o treinamento de 20 servidores, cedidos pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), que irão trabalhar na perícia em Picos.

De acordo com diretor do Departamento de Polícia Técnico-Científica da Polícia Civil do Piauí, o médico legista Antônio Nunes, este é o primeiro passo para formar a equipe que irá agilizar, melhorar a qualidade e eficácia nos serviços prestados pelo Instituto Médico Legal, Perícia Criminal e Instituto de Identificação na cidade de Picos.

“É importante ressaltar o apoio e magnitude do gesto do secretário da Saúde, Francisco Costa, em nos ceder esse pessoal. A quantidade e os cargos  foram discutidos e formatados por nós, com o aval do nosso secretário da Segurança, Fábio Abreu, que tanto tem se empenhado para melhorar a qualidade  da Polícia Técnico-Científica. Ainda, por meio dessa parceria, a Secretaria da Saúde doou um aparelho de raios X para a perícia em Picos”, destacou Antônio Nunes.

O treinamento está sendo em Teresina e teve início no fim de agosto. Divididos em 04 turmas, os servidores irão conhecer todos os setores da Polícia Técnico-Científica e acompanhar de perto a rotina de cada departamento. “Esses servidores farão a parte burocrática. Serão auxiliares administrativos, os técnicos de enfermagem auxiliarão as necropsias e peritos em cenas de crime, os enfermeiros farão a gestão do órgão e parte cartorária. Temos também auxiliares de serviços gerais que farão a parte de limpeza e conservação, motoristas para dirigir as viaturas, técnicos de radiologia farão os exames radiológicos. Por enquanto, são 20, mas a previsão é de 27 e mais sobreaviso dos técnicos de radiologia do Hospital Regional de Picos em auxílio ao IML”, informa o diretor.

Antônio Nunes lembra que o prédio onde irá funcionar a Polícia Técnico-Científica de Picos foi adquiro por meio de convênio com a Uespi. “Em julho desse ano, o secretário da Segurança e o reitor da Uespi assinaram convênio de cooperação técnico-científica, onde a Uespi doou para SSP parte de um prédio onde funcionava a universidade, lá em Picos. Alguns reparos estão sendo feitos em parte do prédio para que a Polícia Científica possa se mudar logo para lá. Isso deve ocorrer daqui a três semanas. Mas o secretário Fábio Abreu já sinalizou que vai fazer uma reforma completa no prédio. Essa reforma está em fase de licitação”, frisou o médico.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com