Cidadeverde.com

Cresce o número de casos de Sífilis em Picos

 

O aumento no número de casos de sífilis na região de Picos tem preocupado autoridades de saúde. Até o dia 11 de outubro deste ano já foram contabilizados 77 novos casos da doença e existe a possibilidade  que os números do problema cresçam ainda mais. 

A coordenadora do CTA de Picos, a enfermeira Ozeany Vieira, explica que o número de casos da doença  registrados agora em 2016 nos municípios que fazem parte da região,  já representam quase o quantitativo verificado em todo ano passado.

“Tivemos um aumento muito grande nos casos de sífilis em comparação ao ano passado onde notificamos 78 casos. O tratamento vai variar muito, dependendo da titulação e do parecer médico”, explicou a coordenadora.

A sífilis é uma doença sexualmente transmissível  causada pela bactéria Treponema pallidum, cujo sintoma mais comum é uma úlcera indolor na região genital. Em todo o país de acordo com o Ministério da Saúde os casos da doença tem crescido assustadoramente e se não tratada a tempo, a doença  pode espalhar-se pelo corpo e causar graves lesões de órgãos internos, como o coração e  cérebro. A sífilis  tem cura, se tratada corretamente com antibióticos apropriados, de preferência, com penicilina.

Da editoria de cidades
cidades@cidadeverde.com