Cidadeverde.com

Início das chuvas pode provocar suspensão da “Operação Carro-Pipa”

O abastecimento de água nas regiões que são atendidas pela “Operação Carro-Pipa” na região de Picos será mantido até o final de janeiro. A partir disso, o destino do programa é incerto, pois dependerá da regularidade do período chuvoso.

O coordenador da Defesa Civil em Picos, Oliveiro Luz, explica que a operação pode até mesmo ser suspensa, a exemplo do que aconteceu em 2016, em razão do volume de água oriundo das chuvas serem suficientes para suprir os reservatórios das residências por um período de 60 dias.

“Se as chuvas não proporcionarem água nas cisternas, vai continuar a equipe colocando, muito embora no Povoado Três Potes tudo indique que vai se iniciar o abastecimento de água pelo Prosar a partir de primeiro de fevereiro”.

Com a redução de residências que eram atendidas pela “Operação Carro-Pipa”, um novo levantamento será realizado para detalhamento das localidades e quantidade de famílias que serão beneficiadas este ano.

Fonte: cidadesnanet
cidades@cidadeverde.com