Cidadeverde.com

Hospital de Picos passa a contar com UTI a partir de outubro

Em visita às obras dos 10 leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulta do Hospital Regional Justino Luz, em Picos, nessa sexta-feira (18), o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, anunciou a abertura dos serviços em outubro. Além da UTI, o hospital vai receber também um Centro de Parto Normal (CPN), Casa da Gestante e reforma dos leitos de pediatria e da urgência e emergência.

"Foi explanado para a direção do hospital o cronograma de entrega das obras da UTI, que é uma necessidade da região, ter a unidade em funcionamento; da nova ambiência da pediatria, do setor de urgência e emergência, da Casa da Gestante e do Centro de Parto Normal. São cinco obras que vão melhorar de forma significativa a assistência no Hospital Justino Luz", afirmou Florentino.

O Justino Luz atende mais de 70 municípios, numa população estimada de mais de 500 mil habitantes. Com a abertura da UTI, o Governo do Estado amplia o perfil assistencial do hospital, que passa a atender aqueles casos de alta complexidade. Com essa unidade, o Estado aumenta em mais 67 leitos entregues entre 2015 a 2017, referente aos cuidados especiais tanto para adulto como para neonato.

Outra melhoria será percebida com a abertura do CPN e da Casa da Gestante, espaços de cuidados para a gestante, seja para um parto natural, seja para aquelas que necessitam ser acompanhadas por uma assistência multidisciplinar, sem estar no ambiente hospitalar.

A Casa da Gestante, modelo de assistência já adotada em Floriano, Teresina e Parnaíba, terá capacidade de receber até 10 mulheres. Já o Centro de Parto Normal, que existe também em Teresina, Floriano, Piripiri e Parnaíba, serão cinco salas equipadas com toda estrutura para o parto natural, com instalação de pré e pós-parto (PPP).

Para humanizar e acolher os pacientes da urgência e emergência, o hospital também passa por reformas no pronto atendimento.

UPA de Picos
O secretário Florentino Neto também esteve com o prefeito de Picos, Padre Valmir, quando foi discutida sobre a abertura da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), o que vai tornar o Justino Luz uma unidade de retaguarda e mais resolutivo.

 

Da Redação
redacao@cidadeverde.com