Cidadeverde.com

Chuvas param e pontos de alagamento escoam em Picos

  • chuva5.jpg Corpo de Bombeiros
  • chuva8.jpg Corpo de Bombeiros
  • chuva7.jpg Corpo de Bombeiros
  • chuva6.jpg Corpo de Bombeiros
  • chuva4.jpg Corpo de Bombeiros
  • chuva3.jpg Corpo de Bombeiros
  • chuva2.jpg Corpo de Bombeiros
  • chuva1.jpg Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros da cidade de Picos, distante 312 quilômetros de Teresina, garante que os alagamentos registrados nessa terça-feira (4) já escoaram. 

Na manhã de hoje guarnição comandada pelo subcomandante do Corpo de Bombeiros de Picos, tenente Allisson Rangel Martins, fez vistorias pelo município e constatou que não houve novas ocorrências de alagamentos. 

“A chuva parou e a água escoou. Alguns pontos demoraram mais por falta de galerias maiores”, conta o subcomandante. 

Ontem uma família teve que ser resgatada e levada para casa de parentes. Motoristas também foram retirados de veículos e uma idosa também teve que sair da residência que morava.  A prefeitura fez reunião para traçar plano emergencial.

A chuva que atingiu Picos iniciou na noite de segunda (3) e só terminou por volta de 13h de terça-feira. De acordo com a prefeitura, foi a chuva mais longa registrada nos últimos 15 anos na cidade.  

A prefeitura informou que houve alagamento em dez bairros da cidade e deslizamento em alguns pontos. Moradores dos residenciais Aerolândia e Campo da Várzea foram orientados a deixarem as casas porque são áreas de alerta que, caso haja mais chuva, podem desmoronar. 

 As creches Doroteia e tia Celeste e a escola Padre Madeira foram disponibilizadas para abrigar famílias que optem em sair de casa. A prefeitura continuam fazendo reunião para reparar os transtornos.


Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com