Cidadeverde.com

Homem passa por tratamento em Picos após exame inconclusivo para meningite

Após apresentar sintomas de meningite, um homem de 49 anos, morador do município de Picos, a 308km de Teresina, foi identificado como suspeito de um segundo caso da doença na cidade. Ele passa por tratamento depois de um exame inconclusivo. 

O paciente, que já teve alta, trabalha como representante comercial e viajou para outros municípios do estado. Feito na rede privada de saúde, o exame de líquido cefalorraquidiano apresentou resultado negativo para bactérias, o que pode ter ocorrido por conta de uso prévio de antibióticos. 

De acordo com a coordenação de Epidemiologia de Picos, que acompanha o caso, a família do paciente informou que ele fará uma ressonância magnética para investigar outra causa que tenha gerado os sintomas de meningite.

O paciente está sendo tratado com procedimento para outras meningites não especificadas. É descartada a existência de surto no município.

 “De antemão, até que mude o quadro após essa ressonância, o caso não tem relação com o primeiro caso de meningite meningocócica”, explicou o coordenador de Vigilância Epidemiológica de Picos, Robsoncley Viana.

O caso de um estudante que foi diagnosticado com meningite meningocócica é acompanhando.  O paciente também já teve alta e está no Ceará, sua terra natal. Ele reside em Picos por motivos de estudo.

A doença
 
A vacina contra a meningite tipo C é disponibilizada na rede pública de saúde  e pode ser solicitada em qualquer posto pelo público específico. No terceiro e quinto mês de vida da criança e reforçada no primeiro ano e aos 11 a 14 anos de idade, para meninos e meninas.

Dentre os sintomas da doença estão febre alta repentina, forte dor de cabeça, pescoço rígido, vômitos, náusea, dentre outros.

Valmir Macêdo
redacao@cidadeverde.com