Cidadeverde.com

Picos se destaca em janeiro e fevereiro pela exportação de mel natural

O município de Picos se destacou em janeiro e fevereiro pela exportação de mel natural. Foram vendidos 113,2 mil quilos, ao preço de US$ 334,5 mil. Picos também vendeu 1,6 mil quilos de castanha de caju, gerando US$ 24,7 mil.


Em todo o Estado, quatro municípios, Campo Maior, Parnaíba, Piripiri e Geminiano, conseguiram exportar nos meses de janeiro e fevereiro deste ano 675,1 mil quilos de ceras vegetais, gerando em divisas para o Estado mais de US$ 9,8 milhões, o equivalente no câmbio atual a cerca de R$ 17,7 milhões.

De acordo com números da Secretaria de Comércio Exterior, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Campo Maior, a 82 quilômetros de Teresina, foi o município que mais exportou no período. Foram vendidos no exterior 444,5 mil quilos de cera, no valor de US$ 2,493 milhões.

Parnaíba, a 330 quilômetros da capital, aparece em segundo lugar, com 238 mil quilos de ceras vegetais, o equivalente a US$ 2,128 milhões. O terceiro município com maior volume de exportação de ceras no período é Piripiri, a 157 quilômetros de Teresina, com a venda de 145,5 mil quilos no valor de US$ 1,545 milhão. Geminiano, na região de Picos, completa a lista, com a comercialização de 61,3 mil quilos, por US$ 656,9 mil.

Para Castelo do Piauí, o destaque da pauta de exportações foi a comercialização de pedras para calcetar meio-fio. Foram vendidos cerca de 25 mil quilos de pedras, no valor de US$ 10,8 mil.

Os principais mercados consumidores dos produtos piauienses são Estados Unidos, Japão, Itália, Holanda, França, Alemanha, Formosa, Portugal, Reino Unido, Espanha e Austrália.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Tadeu Maia pede união de forças políticas em Picos

O deputado Tadeu Maia (PSB) disse, hoje (27), que está preocupado com o futuro de Picos e pediu a união das forças políticas e da sociedade civil no sentido de discutir políticas públicas que visem o desenvolvimento daquele município.

Tadeu Maia afirmou que a construção do Porto de Luiz Correia, a ferrovia Transnordestina e o crescimento do turismo no litoral e na Serra da Capivara, dentre outros fatores, poderão diminuir a importância que Picos tem atualmente para o Piauí.

"Somos a favor de todas essas obras, mas entendemos que, se não houver uma política que promova a industrialização de Picos, o nosso município ficará para trás, embora seja hoje um grande polo de saúde e de educação, tenha uma grande importância econômica e seja o segundo maior entroncamento rodoviário do Nordeste", assinalou ele.

Em aparte, o deputado Kleber Eulálio (PMDB), líder do Governo, disse que está correta a preocupação do parlamentar do PSB, "pois é preciso que  Picos passe a produzir riquezas, já que não se consegue o desenvolvimento apenas comprando e vendendo".

Tadeu Maia declarou que o governador Wilson Martins está realizando um grande número de obras, beneficiando a população de Picos e de mais de 50 municípios da região.

"Picos está ganhando estradas, terá um novo hospital, receberá o Programa Ronda Cidadão e as Universidades Federal e Estadual estão expandindo as suas atividades no município", ressaltou ele.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Diretores de Picos recebem formação do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego

Os diretores das escolas contempladas com o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) começam a receber a formação necessária para a implantação deste, no Piauí. Na última sexta (23), 13 diretores, da 9ª Gerência Regional de Educação (GRE) de Picos, passaram pela formação.


“Na 1ª etapa realizamos o cadastramento de parceiros demandantes, supervisores de demanda e unidades demandantes com sucesso”, ressaltou a gerente Onésia Sousa.

Nesta 2ª etapa foram repassadas as orientações sobre cursos e unidades ofertantes - como Senac, Senai, Senar, IFPI - e todo o calendário de realização do cadastramento de turmas e pré-matrículas em 2012.

“O contato direto com os diretores e as orientações do passo a passo são de fundamental importância para o sucesso do programa”, frisou Onésia Sousa.

Mais sobre o Pronatec

Criado no dia 26 de outubro de 2011, com a sanção da Lei nº 12.513/2011 pela presidente Dilma Rousseff, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) tem como objetivo principal expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de Educação Profissional e Tecnológica (EPT) para a população brasileira. Para tanto, prevê uma série de subprogramas, projetos e ações de assistência técnica e financeira que juntos oferecerão oito milhões de vagas a brasileiros de diferentes perfis nos próximos quatro anos.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Aprovada criação do Conselho Municipal de Meio ambiente

Com o intuito de propor, executar e fiscalizar  políticas públicas ambientais, foi aprovado na Câmara Municipal de Picos, o projeto lei que cria o Conselho Municipal de Meio Ambiente. A proposta foi aprovada nesta quinta-feira ( 22) por unanimidade em segunda votação e em definitivo, porém com algumas ressalvas.

Vereador Hugo Victor (PMDB) durante sessão

As ressalvas foram apresentadas pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final. 

O vereador Hugo Victor (PMDB), que faz parte da comissão, justificou as ressalvas afirmando que o projeto é de grande importância para o município. “As ressalvas que fizemos foi incluir um membro da igreja evangélica e um membro da igreja católica. Outra mudança é com relação a quem seria o presidente desse conselho. Na opinião dos membros da comissão o presidente deve ser escolhido entre a maioria dos membros para que haja mais igualdade dentro do conselho”, justificou o vereador.

 De acordo com o parlamentar o órgão precisa de autonomia para funcionar de forma correta trazendo benefícios ambientais ao município. “Não adianta o presidente ser o secretário de meio ambiente se ele vai estar atrelado ao prefeito. Nós temos que criar o conselho com autonomia para que a gente possa buscar melhorias na preservação do meio ambiente na nossa cidade. Infelizmente o que vemos é descaso total dentro da secretaria de meio ambiente”, finaliza Hugo Victor.


Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Deputado solicita conclusão de obras do ginásio polesportivo

O deputado Kleber Eulálio (PMDB) defendeu hoje (20) requerimento que pede a retomada das obras do ginásio poliesportivo de Picos. De acordo com o deputado a cidade é uma das poucas do Piauí onde não existe um ginásio poliesportivo. 


"A cidade de Picos, apesar do seu porte, não possui um ginásio, temos uma obra que enfrenta problemas há vários anos", afirmou o deputado. 

Kleber Eulálio solicita que o governador Wilson Martins encaminhe à Fundespi (Fundação do Esporte do Piauí) autorização para a retomada da obra que se arrasta há 15 anos. 

A construção do ginásio poliesportivo de Picos começou em 1997. Kleber Eulálio explicou que a obra foi iniciada sob um convênio entre o Governo do Estado e a Prefeitura Municipal, ainda na gestão do ex-governador Mão Santa e do ex-prefeito José Neri, mas a obra foi paralisada e o Governo deixou de repassar os recursos por irregularidades no convênio. 

"Na gestão do ex-governador Wellington Dias buscou-se sanar os problemas e retomar a obra. Foi realizado um novo processo licitatório e a obra foi retomada, mas parou outra vez porque  descobriu-se que o terreno não pertencia ao município", explicou o deputado.

Segundo o líder do governo, recentemente o problema de legalização do terreno, que pertencia a União, foi solucionado. Kleber disse que a obra é de grande importância para cidade de Picos, que hoje não possui um lugar adequado para a prática de esportes e realização de grandes eventos. 

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Detran leiloará veículos irregulares apreendidos no fim de março em Picos

A partir desta segunda-feira (19), os interessados em conhecer de perto os veículos que irão a leilão pelo Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI) já podem comparecer ao depósito de veículos apreendidos, na sede do órgão em Teresina, a partir das 8h. Os lotes estarão disponíveis para inspeção até a sexta-feira (23), véspera do leilão.

           

No total, serão disponibilizadas 364 unidades entre carros, motocicletas e sucatas. Estipulado inicialmente em torno de 800 veículos, esse número foi reduzido após uma minuciosa vistoria por parte do Detran. “Analisamos todos os veículos e suas respectivas documentações e, em face de um grande número de restrições, inclusive legais, diminuímos o número de lotes para garantir um veículo seguro e sem problemas para o futuro comprador”, esclarece o diretor da comissão de leilão, Washington Prado.

Os veículos que serão leiloados foram apreendidos há mais de 90 dias em blitzen por estarem em situação irregular. Para participar do leilão, o interessado deve comparecer ao evento e realizar sua inscrição fazendo um depósito de R$1.000,00 de caução inicial. Se houver arremate, o valor será descontado e, não havendo, o valor será restituído ao participante.

A quantia arrecadada no evento será usada para quitar a dívida do veículo junto ao Detran, tendo em vista que os novos proprietários o recebem livre de multas e as taxas de licenciamento relativas a anos anteriores são anistiadas pelo órgão. “O valor inicial é definido pelo próprio leiloeiro. Quanto melhor o estado de conservação do veículo, maior será o lance inicial”, ressalta Washington.

Em Teresina, o arremate ocorrerá no dia 24, a partir das 8h, no auditório da Escola Piauiense de Trânsito, localizada à Avenida Gil Martins 2000, bairro Redenção. No dia 31 de março é a vez de Picos sediar o leilão, que acontecerá no Clube das Indústrias Coelho, na Av. Senador Helvídio Nunes, às 8h.


Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Eletrobras reforma rede elétrica urbana

A Eletrobras Distribuição Piauí está reformando a rede elétrica urbana de Picos, município a 311 quilômetros ao sudeste de Teresina.  As obras já iniciaram e devem beneficiar os consumidores das ruas João Nunes, Monsenhor Hipólito, João XXII, Zuza Nunes (bairro Canto da Várzea), Joaquim Jovino (Ipueiras) e Joaquim Barbosa (Belo Norte), avenidas Diametral e Francisca Trindade, além do conjunto Pedrinha. 

A reforma engloba divisão de circuitos elétricos de baixa tensão — que consiste na instalação de mais transformadores para atender a uma área menor —, troca de cabos e outros equipamentos. O objetivo é evitar sobrecargas nos transformadores, melhorar os níveis de tensão e evitar desligamentos motivados por excesso de carga. Visa, também, à redução das perdas técnicas — próprias do funcionamento do sistema elétrico —, que, atualmente, representam 11,2% ao ano. 

“Com a reforma da rede elétrica, melhoram, significativamente, os níveis de tensão e a qualidade da energia fornecida para os consumidores das áreas em que houve divisão de circuito”, ressalta o gerente de Engenharia e Obras de Redes de Distribuição, Ronaldo Sarmento. 

Em 2012/2013, a Eletrobras Distribuição Piauí aplicará R$ 23,4 milhões para realizar reformas nas redes urbanas em municípios das cinco regionais da concessionária: norte, metropolitana, centro-sul, sudeste e sul. No total, serão instalados 859 transformadores, 10.613 postes e 374 quilômetros de redes de média e baixa tensão — entre cabos novos e substituídos.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Famílias rurais desfrutam os benefícios da energia elétrica

Assim como tem feito em todo o estado, a Eletrobras Distribuição Piauí está trabalhando, por meio do Programa Luz Para Todos, para garantir energia elétrica em Picos, município a 311 quilômetros ao sudeste de Teresina.

Em Picos, a empresa  concluiu, até dezembro do ano passado, 361 ligações na zona rural do município, o equivalente a 1.805 habitantes. Em todo o Piauí, já são mais de 535 mil pessoas beneficiadas. 

Dentre as localidades de Picos que já foram atendidas por meio de obras de eletrificação rural, estão: Pitombeira IV, Sobradinho II, Junco dos Monteiros, Curralzinho, Saquinho da Torta, Pimpona, Barro Vermelho, Canto da Várzea, Betânia, Poços, dentre outras.

A distribuição de energia elétrica, oferecida pelo Programa Luz para Todos às comunidades das zonas rurais do Piauí, objetiva melhorar a qualidade de vida das pessoas que vivem longe dos centros urbanos e, ao mesmo tempo, proporcionar oportunidade de desenvolvimento humano, com mais educação, saúde, segurança e renda familiar. 

O Programa Luz Para Todos, prorrogado até 2014, pretende realizar mais 400 mil ligações em todo o Brasil. Apenas no ano passado, a energia chegou a 253 mil famílias brasileiras que vivem no campo, em assentamentos da reforma agrária, em aldeias indígenas e em comunidades quilombolas e ribeirinhas, além de produtores rurais.

Obras de reforço do sistema elétrico
 
Para reforçar a capacidade de atendimentos dos novos e dos atuais consumidores, tanto na cidade quanto no interior dos municípios, a Eletrobras Distribuição Piauí, com recursos do Programa Luz para Todos, construiu sete subestações e está construindo e recondutorando dois mil quilômetros de alimentadores. As subestações estão localizadas em Simões, Regeneração, José de Freitas (já energizadas), Santo Antônio de Lisboa, Ribeira do Piauí, Santa Filomena e Caracol.


Fonte: APPM

Estiagem preocupa Corpo de Bombeiros no sul do Estado

O inverno irregular característico do semiárido nordestino já preocupa não apenas os agricultores sertanejos, mas também o Corpo de Bombeiros de Picos, que deve trabalhar em dobro para controlar as queimadas e incêndios.


O motivo para a preocupação é simples: o tempo seco favorece a propagação das chamas. “Não podemos dizer com 100% de certeza que as queimadas vão chegar mais rapidamente. Cremos que essa chuva ainda venha, caso não venha é quase certo que as queimadas comecem entre maio e junho, com grande intensidade”, explica o sargento BM Pimentel.

A apreensão é justa, segundo o meteorologista Eugênio Lopes. “A gente está diante de uma grande estiagem. É um fato marcante na nossa região estarmos em março e ainda sem chover”, destaca.

Segundo ele, a partir de 20 de março as chuvas devem retornar e permanecer até abril, que deve ser o mês com maior índice pluviométrico. Ainda assim os índices devem ficar abaixo da média anual de 600 mm. “No trimestre de dezembro a fevereiro choveu apenas 125 mm, uma grande diferença em relação ao mesmo período do ano passado, onde choveu 347 mm. Mais da metade”, informa.

Apesar do estado crítico e preocupante, Eugênio afirma que não é possível ainda se falar em seca, uma vez que a vegetação está verde e com a vinda da chuva nos próximos dias será possível recuperar algumas culturas e plantios.

Caso a chuva não seja o bastante para preencher reservatórios de água em comunidades da zuna rural, a Defesa Civil – através de convênio com o Exército Brasileiro – se encarregará de realizar o abastecimento com uso de caminhões-pipa.

“Os bombeiros permanecerão na sede esperando alguma ocorrência, tendo em vista que temos apenas duas viaturas que, caso persista essa estiagem, serão bastante utilizadas”, acrescenta o sargento Pimentel.

Fonte: APPM

Secretaria de Educação inaugura centro educacional

Picoenses receberam na manhã desta última quinta-feira (08),  o Centro Educacional Maria Gil de Medeiros, o antigo Caic. O nome da unidade homenageia  a mãe do prefeito Gil Marques de Medeiros e avô da deputada estadual Tazmânia Gomes de Medeiros (Belê).

Para o prefeito Gil Paraibano esse é um momento muito especial na sua vida que culmina com sua administração em saber que sua mãe leva o nome da maior escola do município de Picos. "Sinto-me muito feliz em poder estar presente nesta grande homenagem a minha mãe onde estão aqui alguns de meus irmãos e irmãs. Isso representa para mim o reconhecimento do povo de Picos por tudo aquilo que nossa família implantou na cidade, seja na administração pública, ou seja, na iniciativa privada", disse ele.

Segundo a secretária Luísa Martins, a homenagem a Maria Gil de Medeiros é pelo reconhecimento do trabalho incansável do prefeito em trabalhar pelo desenvolvimento de Picos não só de hoje, mais de mais de trinta anos em serviços prestados e ajudando a desenvolver a cidade.

De acordo com o presidente da câmara vereador Iata Anderson autor do projeto que deu o nome de Maria Gil a escola, essa homenagem reflete exatamente o trabalho que sempre foi desenvolvido na cidade pela família Medeiros de forma direta, como empresários gerando vários empregos e também na gestão pública procurando ajudar cada vez mais os picoenses com muito trabalho.

O presidente da OAB Agriimar Rodrigues de Araújo, disse que a homenagem é mais do que justa, pois a família Medeiros tem uma identidade com a cidade de Picos, pois quando chegaram à cidade implantaram comércio que ajudou a desenvolver a economia local, e nada disso teria sido possível se não fosse à genitora de toda essa família a senhora Maria Gil Medeiros, frisou.

Segundo a diretora do Centro Educacional Maria Gil de Medeiros, Eloísa Martins, a escola está funcional do maternal ao 5º Ano do Ensino Fundamental onde já tem matriculado mais de 500 alunos e até o dia 30 desse mês vai continuar recebendo mais matrículas. De acordo com a diretora, o objetivo é manter a mesma qualidade de ensino que existia anteriormente.


Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com
 

Posts anteriores