Cidadeverde.com

Município de Picos registra mais uma morte por Covid-19 e duas suspeitas

Três mortes foram registradas no boletim epidemiológico divulgado pelo Hospital Regional Justino Luz de Picos na noite desta terça-feira, 11. Apenas um paciente tinha o teste positivo para Covid-19, os outros dois eram casos suspeitos.

De acordo com o Hospital Regional Justino Luz, os óbitos foram registrados para os seguintes municípios: Geminiano, paciente do sexo masculino, 45 anos, e sofria de hipertensão; Padre Marcos,  paciente do sexo masculino, 55 anos, e sem relatos de comorbidades; e um paciente de Bocaina, paciente do sexo masculino, 70 anos, cardiopata. Apenas o paciente de Bocaina havia testado positivo para a doença, os outros dois eram casos suspeitos.

Segundo o Hospital Regional de Picos, nove pacientes estão internados na UTI de Síndrome Respiratória Aguda Grave: Picos (01 positivo e 01 suspeito); Belém do Piauí (02 suspeitos); Queimada Nova (01 positivo); Caldeirão Grande do Piauí (01 suspeito); Jaicós (01 positivo); São João Canabrava (01 suspeito) e Campo Grande do Piauí (01 positivo).

Na enfermaria estão internados 19 pacientes, sendo eles dos seguintes municípios: Picos (02 suspeitos e 01 positivo); Padre Marcos (02 suspeitos); Jaicós (02 suspeitos e 01 positivo); Isaías Coelho (01 positivo); Queimada Nova (01 positivo); Fronteiras (01 positivo); Monsenhor Hipólito (01 positivo); Francisco Macêdo (01 positivo); Belém do Piauí (01 positivo); Campo Grande do Piauí (01 suspeito); Santa Cruz do Piauí (01 suspeito); Alagoinha do Piauí (01 suspeito); Pio IX (01 positivo) e Patos do Piauí (01 suspeito).

O Hospital Regional de Picos registrou uma alta médica de um paciente de Paulistana. No geral, o Hospital de Picos registra 570 altas hospitalares e 211 óbitos.

Em boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de Picos nesta segunda-feira, 11, o município registra 4.973 casos confirmados da Covid-19, deste número, 4.791 estão recuperados e 97 vieram a óbito.

Da Redação
[email protected]

Jovem denuncia que foi vítima de homofobia ao tentar comprar sunga

Foto: Reprodução/Instagram

O técnico em informática, Rafael Santana, 31 anos, utilizou as redes sociais para denunciar que foi vítima de um episódio de homofobia ao tentar comprar uma sunga através do atendimento online de uma loja de moda íntima. O caso foi registrado na última terça-feira no município de Picos, distante cerca de 300 Km de Teresina. 

O jovem relata que questionou, através do Whatsapp, se o estabelecimento possuía uma sunga de cores neon. Minutos depois ele diz que recebeu um áudio da atendente, que teria sido encaminhado errado. "Não tenho sunga aqui, nessa 'viadagem' toda", afirma a mulher, que estaria conversando com outros colaboradores da loja. 

Após receber a mensagem de voz, Rafael respondeu. "Eu acho que você precisa de respeito pelos seus clientes, isso não é uma viadagem  é uma atualização, é uma coisa mais moderna. Sexualidade  não está informada por cor, e muito obrigado pelo seu atendimento,  sua mal educada”, disse. 

O jovem resolveu tornar o caso público em suas redes sociais e ganhou o apoio de diversos internautas e blogueiros, que criticaram a postura da loja. A sub secção da OAB em Picos também se manifestou sobre o caso.  

"Não sabia que ia tomar essa repercussão que está tomando, mas fico muito grato. A gente sabe que vivemos numa sociedade onde, não todos, mas algumas pessoas tem esses pensamentos medievais, sobre preconceito de cor, gênero e raça. ", desabafou. 

Outro Lado

Após a repercussão do caso, a loja envolvida na polêmica também utilizou as redes sociais para se manifestar a respeito do caso. O estabelecimento pediu desculpas pelo comentário que foi enviado através do áudio:

 


Rafael Santana questionou o posicionamento da loja. " Não senti, em nenhum palavra dita na retração, que ela estivesse arrependida ou disposta a mudar sua atitude. Ela se veio se retratar depois que viu tamanha repercussão sobre o acontecido, pensando na sua imagem e na sua loja. Ela deveria ter mais empatia, respeito e educação com seus clientes", avaliou o jovem. 

A Comissão de Estágio e Exame da Ordem da subseção da OAB de Picos publicou uma nota de repúdio, diante da denúncia.

 

Natanael Souza
[email protected] 

Família de idosa morta ao ser atropelada duas vezes pede justiça

A família da idosa Antônia Conceição, 64 anos, que morreu ao ser atropelada por um carro na última terça-feira (5), em Picos, distante 306 quilômetros de Teresina, está revoltada com a soltura do condutor do veículo. 

Imagens chocantes mostram o momento em que Antônia foi atropelada. Ela caminhava na Rua Castelo Branco quando foi colhida pelo carro. Em seguida, o condutor, de 23 anos, dá uma ré e atropela a idosa novamente.

Em possível ação de desespero, o motorista sai do veículo e deita no chão. Depois volta ao carro, pega algo e foge correndo.

O condutor foi autuado na Central de Flagrantes de Picos por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Segundo a polícia, não foi constatado presença de entorpecente ou álcool no organismo do condutor. Ele pagou fiança e foi solto. 

O padre Abimael Francisco, filho da vítima, defende que o atropelamento não foi sem intenção e pede que a justiça seja feita.

“Tudo indica é que não foi algo sem intenção, parece ter havido dolo no feito, principalmente quando na área urbana, onde há crianças e idosos e ele está em alta velocidade . Ele por si só assume o risco de matar ou se suicidar[...] nada obrigava aquele rapaz lançar aquele carro sobre minha mãe. Não tinha uma criança, não tinha um animal, não tinha um idoso. A maneira como ele lançou o carro na minha mãe indica que houve dolo sim”, lamenta o filho.

A Polícia Civil vai investigar as circustâncias do acidente. 


Izabella Pimentel
Com informações do Jornal do Piauí
[email protected] 

Moradores de Picos ganham inauguração da Estação Cidadania

A Prefeitura de Picos, por meio da Secretaria de Cultura, inaugurou na tarde desta terça-feira, 29, a Estação Cidadania, no bairro Morada Nova. O local conta com quadra de esportes, pista de skate, telecentro, cine teatro e espaços que serão ofertados serviços da prefeitura.

Padre Walmir, prefeito de Picos, afirmou que o local está equipado para seis modalidades esportivas, além de biblioteca e espaço para um Cras. “Aqui tem quadra, tem pista de skate, espaço de lazer, de teatro, temos seis modalidades esportivas aqui. Na época que foi escolhido, foi escolhido, realmente, pensando bem, pois essa comunidade está sendo presenteada com uma grande obra, não só com o que diz respeito a investimento financeiro, sobretudo, social”, assegurou o prefeito de Picos.

De acordo com o secretário de Cultura de Picos, Lincon Rodrigues, o espaço contempla instalações adequadas para a prática de uma série de modalidades esportivas e serviços da prefeitura.

A inauguração contou com uma apresentação de Wheeling, feita pela Radical Style.

João Bandeira
com informações Ascom

 

Corpos de idosos vítimas da Covid-19 são trocados em hospital no Piauí


Amadeu Francisco Carvalho  e Pedro Jorge Marciado, na sequência de fotos (Foto: arquivo pessoal)


Os corpos de dois idosos foram trocados no Hospital Regional Justino Luz na cidade de Picos. Os idosos não resistiram às complicações da Covid-19 e faleceram na terça-feira (22). O funcionário de uma funerária, que conhecia um dos pacientes, percebeu a troca e fez o alerta aos familiares. 

O ferreiro Pedro Jorge Marciano, de 83 anos, estava internado no hospital desde domingo (20). Na terça-feira (22), ele sofreu duas paradas cardíacas e veio a óbito às 16h26. A família foi comunicada por volta das 17 horas. No mesmo dia, Amadeu Francisco Carvalho, de 98 anos, também perdia a luta contra a doença. 

A família de Pedro Jorge Marciano relata ao Cidadeverde.com que a funerária começou a preparação para remoção do corpo do hospital para o sepultamento. Ao chegar no hospital, às 23 horas de terça (22), após os procedimentos necessários, o funcionário da funerária percebeu que o corpo não tinha identificação do paciente. O funcionário era amigo da família e conhecia Pedro Jorge Marciano. 

“Ele pediu para chamar a enfermeira, disse que não tinha identificação e que não poderia levar o corpo sem identificação. Pediu para abrir um pouco o saco, para pelo menos tentar constatar. Ao abrir (o saco), constatou que não era o meu pai. Começou uma discussão entre eles, e o (funcionário da funerária) pediu que trouxessem o corpo do meu pai. Eles disseram que não sabia onde estavam o corpo do meu pai”, conta o filho de Pedro, Arinaldo Marciano Veloso. 

Sem encontrar o corpo, o funcionário da funerária comunicou ao filho da vítima e pediu que ele acionasse o serviço social. “Esse é um momento muito difícil, já não podemos velar o corpo do nosso pai, ainda somem com o corpo”. 

Simões 

Arinaldo Marciano relata que ao chegar no serviço social, o funcionário de outra funerária ouviu a discussão e informou que fez a remoção de um corpo sem identificação para a cidade de Simões. 

“Ele disse que tinha feito uma remoção mais cedo, umas 19h30, de um paciente com covid para Simões, que não tinha identificação. Por ele está fazendo o serviço para Simões e o maqueiro falar que era o único corpo, ele colocou na urna e levou para o sepultamento. Ele falou porque viu todo o constrangimento que nós estávamos passando. Ele foi o único que deu uma luz para gente porque o hospital não sabia onde estava o corpo e como tinha sumido”. 

Destroca e dois sepultamentos

Os corpos foram destrocados na madrugada desta quarta-feira (23) e as famílias já fizeram os sepultamentos corretos. A filha do Amadeu Francisco, Madalena Carvalho, conta ao Cidadeverde.com que a família já tinha sepultado o corpo errado quando recebeu a notícia da troca. Por causa da Covid-19, não houve velório e o primeiro enterro ocorreu por volta das 23 horas em cemitério de Simões. Às 2h da madrugada, a família recebeu uma ligação da funerária falando que o “hospital havia informado que o corpo estava trocado”. 

“(Depois do 1º enterro), fomos pra casa chocados e abalados, mas o pior estava por vir.  Foi um verdadeiro pavor.  Tivemos que voltar tudo de novo, a mesma dor, o cansaço, a frustação, pois fomos novamente ao cemitério, onde tiraram o corpo que havia sido sepultado por engano. Fomos esperar o do meu pai chegar para fazer o reconhecimento, por volta das 4 horas da madrugada”.  

Madalena conta que a família buscará por seus direitos. “Estamos arrasados pela perda e indignados com a falta de responsabilidade e profissionalismo daqueles que se encarregam de zelar pelos seres humanos.  Eu compreendo que deveria haver mais ética e humanidade”. 

Hospital

A direção-geral do Hospital Regional Justino Luz emitiu uma nota de esclarecimentos e pediu desculpas às famílias pelo ocorrido. Veja na íntegra: 

A direção-geral do Hospital Regional Justino Luz esclarece que após tomar conhecimento de denúncia envolvendo troca de corpos ocorrida na noite desta terça-feira (22), instaurou uma Sindicância (Nº 04/2020) para apurar os fatos e, ao final da averiguação, caso seja comprovado erro e/ou dolo de funcionários do hospital, os mesmos sejam imediatamente penalizados.

O Hospital Justino Luz sempre prezou por uma logística rígida de seus protocolos de entrada e saída de pacientes, assim como, de liberação de corpos para os familiares, buscando humanizar a relação com seus usuários, e diante do fato ocorrido, pede desculpa às famílias.



Carlienne Carpaso
[email protected] 

PRF autua caminhoneiro por Porte de Droga e Crime Ambiental na BR 316

Foto: PRF

Policiais Rodoviários Federais autuaram na tarde de hoje(22), um homem de 25 anos que conduzia uma carreta VOLVO/FH 540 6X4 T por portar, para consumo pessoal, drogas sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar e por Crime Ambiental. Toda a ação ocorreu na BR 316 na cidade de Picos.

Os policiais realizaram a abordagem e, ao realizar buscas no interior da cabine da carreta, foram encontrados 35 unidades de comprimidos de medicamento Nobésio Extra Forte. Esse medicamento é utilizado pelos motoristas como inibidor de sono, comumente conhecido como “rebite”, de forma a prolongar o tempo acordado e poder dirigir por longas distâncias.

O condutor informou aos policiais que havia comprado, por R$ 130,00 os comprimidos em um posto de combustível, porém não identificou o local.

Os policiais verificaram que o caminhão estava carregado com 24,5 m³ de madeira e o condutor informou que não possuía os documentos da carga. O homem informou que recebeu do seu patrão R$ 200,00 a mais para transportar a carga dessa forma. A carga vinha de Teresina/PI e tinha como destino a cidade de Trindade/PE.

A empresa proprietária do veículo e da carga foram enquadradas no Art. 46 da Lei Nº 9.605/98 de crimes ambientais.

Ao fazer as verificações no sistema de emissão de poluentes, os policiais detectaram que o veículo apresentava falha no sistema de controle de poluentes que possibilitam o seu correto funcionamento sem a presença de ARLA 32 no sistema, o que é irregular perante o CTB, causando poluição ao meio ambiente.

O Arla 32 é um reagente que deve ser usado desde 2012, para diminuir a emissão de NOx, óxido de nitrogênio, gás altamente prejudicial à saúde humana. A injeção do Arla 32 nos gases da descarga do veículo, antes que eles passem pelo catalisador, transforma o NOx em vapor de água e nitrogênio, gases inertes ao meio ambiente.

Infelizmente, por questões financeiras, vários veículos não utilizam o produto, inclusive fraudando o sistema SCR (Selective Catalytic Reduction ou Redução Catalítica Seletiva), instalado nos veículos para a conversão dos óxidos de nitrogêncio (Nox) em água e nitrogênio, sem os óxidos, ou adulterando o produto em si, além de outras táticas para burlar a fiscalização.

A não utilização correta do Arla 32 configura infração de trânsito grave, prevista no art. 230, IX, do CTB, com previsão de retenção do veículo para regularização e multa de R$ 195,23.

Além de infração de trânsito, a não utilização do Arla 32 dentro dos padrões regulamentares configura crime previsto na Lei Ambiental (Lei 9.605/98), tanto na modalidade culposa quanto dolosa (Art. 54 – Causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora).

Indagado pelos policiais, o condutor informou que não tinha conhecimento da ausência dos componentes e que há muito tempo não abastece o sistema com ARLA 32.

Diante dessa situação, foi lavrado um Termo Circunstanciado por descumprimento ao Art. 28 da Lei. 11.343/06 Porte de droga para consumo (Consumado), por Crime Ambiental e Causar poluição de qualquer natureza, resultante em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora – Lei Nº 9.605/98. Toda a carga de madeira juntamente com o veículo foram encaminhados aos órgãos ambientais, para os procedimentos cabíveis. O condutor e o proprietário do veículo e da carga se comprometeram a se fazer presente em audiência judicial no Juizado Especial Criminal na cidade de Picos/PI.

Da Redação
[email protected]

Fepiserh capacita equipes do Hospital de Picos sobre parada cardiorrespiratória

Foto: Fepiserh

O Hospital Regional Justino Luz, por meio do seu Núcleo de Segurança do Paciente, realizou de 04 e 11 de dezembro um treinamento sobre Parada Cardiorrespiratória (PCR) para a equipe de enfermagem do setor de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), onde são tratados os pacientes com Covid-19.

O curso foi ministrado pelo médico Mário José e pelo técnico de enfermagem Edilberto Lima. Durante a capacitação foram utilizados manequins próprios para ilustrar e praticar as manobras de ressuscitação.

O êxito na reversão de uma parada cardíaca depende de fatores como: condições clínicas do paciente antes da parada cardiorrespiratória, as causas que determinaram a parada, uniformidade e perfeição das manobras aplicadas de ressuscitação cardiopulmonar (RCP) envolvendo pessoal leigo e de equipes devidamente treinadas.

De acordo com o diretor-técnico do Hospital Justino Luz, Tércio Luz, para um atendimento de pacientes com PCR é importante que o profissional de saúde tenha conhecimento científico especializado. “O primeiro passo é reconhecer os sinais de PCR, identificar as principais arritmias cardíacas, reconhecer os principais medicamentos utilizados nestas situações, além de outros”, destaca.

“A cada minuto que passa, a chance de sobrevivência é 10% menor, por isso é necessário encurtar esse tempo ao máximo. Se passarem cinco minutos, a chance de sobrevivência desse indivíduo é muito pequena”, conta Tércio.

Ainda de acordo com o médico, o infarto do miocárdio ocorre principalmente em pessoas a partir de 45 anos e pode começar com uma simples dor no peito e que se irradia pelo braço esquerdo. O médico alerta que as pessoas próximas precisam telefonar para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) no número 192. “Se a vítima perder a consciência, quem estiver ao seu lado deve chamar por ela, acionar o Samu e começar a fazer a massagem até o suporte chegar com a ambulância”, alerta.

Para o presidente da Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares (FEPISERH), Pablo Santos, órgão que administra o Hospital de Picos, a capacitação das equipes faz parte do plano de melhorias e modernização do hospital. “Estamos efetuando uma agenda de treinamento das equipes desde 2018, intensificada com a pandemia, para humanizar o acolhimento e oferecer um atendimento de melhor qualidade para todos os usuários do Justino Luz”, ressalta Santos.

Da Redação
[email protected]

Picos: prefeito se reúne com músicos para discutir decreto que proíbe festas

Foto: Ascom

Em reunião realizada na quinta-feira (17)  o  prefeito de Picos,  Padre Walmir, representantes dos músicos locais, artistas, representantes de bares e restaurantes discutiram o decreto que proíbe festa no município.

Na ocasião ficou acertada entre ambas as partes que o decreto será mantido, porém houve uma flexibilização que permite eventos de pequeno porte com no máximo de 300 pessoas. “Os pequenos eventos realizados em bares e restaurantes serão permitidos, desde que obedeçam a capacidade do local e respeitem as medidas de segurança”, esclareceu o Procurador Geral do Município, Maycon Luz.

“Nós chegamos ao um consenso com representantes dos artistas, donos de restaurantes, donos de bares e afins para que a agente possa exercer o direito de fazer os eventos sem penalidades”, comentou o representante dos artistas, Marcelo Nordeste.

De acordo com o decreto a uma necessidade de prevenir e controlar a disseminação da covid-19 nesse período de maior tendência a propagação do vírus.

O decreto de N° 150/2020 que foi publicado no último dia 15 de dezembro suspendeu a realização de festas, shows e similares, tanto de âmbito público quanto privado, no período de 18 a 31 de dezembro de 2020.

A reunião contou a participação do prefeito, Padre Walmir; do Procurador Geral do município, Maycon Luz; da Coordenadora da Vigilância Sanitária, Lucia Neiva; secretários; representantes dos músicos locais; artistas, representantes de bares e restaurantes.

Da Redação
[email protected]

Casal suspeito de tráfico de drogas é preso durante operação em Picos

Foto: Divulgação/ Polícia Militar 


Uma ação conjunta da Polícia Militar e da Polícia Civil resultou na prisão de um casal suspeito da prática de tráfico de drogas no município de Picos, distante cerca de 320 Km da capital. 

No momento da abordagem, na noite de ontem (14), os policiais encontraram em uma residência aproximadamente 3,6 Kg de substância análoga a cocaína, além de quatro aparelhos celulares e material de embalagem  característicos de acondicionamento de drogas para a venda. 

Todo material encontrado e o casal, que não teve as identidades reveladas, foram encaminhados para a Central de Flagrantes de Picos para a adoção dos procedimentos legais.

Foto: Divulgação/ Polícia Militar 

Após a operação, o comandante do do 4º Batalhão da Polícia Militar, Major Felipe, destacou a importância da integração e união de forças entre as duas polícias. 

"Estamos firmes no trabalho de integração com as demais forças de segurança, como a PC de Picos, que, somente na pasta relativa ao Delegado Agenor (entorpecentes), já rendeu várias Operações exitosas somente neste ano de 2020, primeiro ano de nosso Comando. Esperamos intensificar ainda mais a parceria e confiança recíproca", enfatizou

 

Natanael Souza
[email protected] 

Prova de Mountain Bike reúne cerca de 400 ciclistas em Picos

Foto: Fábio Piva - FP 

Foi dada a largada para a maior prova de Mountain Bike do Norte e Nordeste, a Picos Pro Race. Cerca de 400 atletas participaram do primeiro dia de competição que envolveu 37 quilometros nas trilhas do sertão piauiense. A competição continua neste domingo, quando acontece a segunda etapa da PPR Ultra e a Classic.

O primeiro lugar geral masculino foi o pernambucano Luis Diego Nascimento, de apenas 26 anos. Ele cruzou a linha de chegada com 1h20 de prova. Natural de Santa Cruz do Capibaribe, ele destaca que essa é a segunda vez que participa da Picos Pro Race, mas que não imaginava que chegaria em primeiro lugar. “O nível dos atletas é muito alto. A disputa foi bastante acirrada. É uma prova muito difícil e que desafia bastante a gente. Eu participo de provas em todo o país e sempre quis participar da Picos Pro Race. Ano passado vim e esse ano não poderia deixar de participar dessas que é uma das maiores provas de mtb do país”, comentou.

Já a Larissa Cortez foi a primeira colocada entre as mulheres. Ela completou os 37 quilometros de trilhas em 1h50. “Gostei muito da prova que mesclou diversos terrenos. Superou minhas expectativas, uma prova muito bem elaborada. É a primeira vez que participo, mas gostei bastante”, disse ela, que disputou na categoria elite.

Para o organizador do evento, Daniel Freitas, a prova aconteceu conforme o esperado. “O primeiro dia de prova foi um sucesso. Os atletas enfrentaram 600 metros de altimetria e tiveram um gostinho do que os esperam no segundo dia. No domingo, vamos ter uma prova ainda mais dura, com uma altimetria ainda maior. Um desafio conforme prometemos”, pontuou. Ao todo, 850 atletas participam da competição.

A tarde de sábado também acontece a PPR Kids, voltada para os atletas mirins, a partir das 16 horas. Para os atletas que irão competir na categoria Classic, o brieffing está previsto para iniciar às 19:30 horas.  No domingo, a partir das 7 horas, acontecerá a largada dos atletas que irão participar da etapa 2 da categoria Ultra e também da PPR Classic, nas categorias Light, Sport e Pro. A premiação acontecerá das 12 às 14:30 horas.

Da Redação
[email protected]

Posts anteriores