Cidadeverde.com

Hospital Regional de Piripiri realiza primeira cirurgia por videolaparoscopia

Foto: Ascom

O Hospital Regional Chagas Rodrigues, localizado no município de Piripiri, realizou, no último sábado (26), seu primeiro procedimento cirúrgico por meio da videolaparoscopia. O procedimento permite a realização de cirurgias minimamente invasivas, com um tempo de recuperação mais rápido e menos possibilidade de complicações para o paciente. A equipe cirúrgica foi formada pela médica Simone Fontenele (cirurgiã), Micaela Caldas (cirurgiã auxiliar), Lívia Coelho (instrumentadora), Hernanes Batista (anestesista) e Pauliane Neres e Lucas Andrade (enfermeiros).

O procedimento foi realizado em uma paciente de 38 anos que já estava aguardando pela cirurgia de Colecistectomia, operação para a retirada de vesícula.

Nádia Costa, diretora da unidade, explica que o início dos procedimentos na unidade representa um marco para os serviços de saúde que o hospital presta à população da região. “Com esse tipo de procedimento são inúmeros os benefícios. Temos mais segurança e rápida recuperação para o paciente, como também um benefício para o nosso fluxo de atendimento, uma vez que o procedimento cirúrgico é realizado de maneira mais rápida, permitindo uma maior quantidade de atendimentos, dessa forma temos uma fila de espera com maior rotatividade, atendendo mais pessoas que precisam de uma cirurgia”, explica.

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, destaca que esse é mais um avanço na modernização da rede de saúde pública do Piauí, onde, além de melhorar a qualidade dos serviços prestados à população, ajuda na descentralização dos atendimentos no estado. “É um esforço do nosso governador, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, avançar com a melhoria dos serviços de saúde de todos os hospitais da nossa rede. Temos aparelhos de videolaparoscopia em diversas unidades que já realizam procedimentos minimamente invasivos. Agora, o hospital Chagas Rodrigues entra nesse grupo de hospitais que têm mais essa ferramenta para dar suporte à saúde dos piauienses”, afirmou o gestor.

Da Redação
[email protected]