Cidadeverde.com

Rádio Cidade Verde: confira a lista das 10 mais tocadas na programação de 2018

É misturando o internacional com o local, pop com sertanejo, sofrência com animação e balada com MPB que a Rádio Cidade Verde (105.3FM) construiu mais um ano de sucesso no ar. Trazendo para sua sintonia a qualidade do jornalismo Cidade Verde, lançamentos e maiores sucessos da música a rádio que se aproxima do seu terceiro ano se consolida como uma das principais do Piauí.

Para celebrar o período especial de final de ano e relembrar o que foi sucesso ao longo de 2018 para o público do Piauí, o blog Playlist traz com exclusividade o top 10 dos sucessos mais tocados na Rádio Cidade Verde em todo o ano de 2018.

1- Maroon 5 – Girls Like You

O hit de Maroon 5 em parceria com a rapper Cardi B foi o 3º clipe mais popular no mundo inteiro no Youtube. Reunindo famosos e personalidades influentes do mundo a canção já se aproxima dos dois bilhões de visualizações. No Piauí não foi diferente, a música foi a mais tocada na Rádio Cidade Verde e lidera a lista de sucessos do ano de 2017 no Piauí.

2 - Apelido Carinhoso – Gustavo Lima 

A música "Apelido Carinhoso", de Gusttavo Lima, ficou em primeiro lugar na lista do ano por ter tocado mais de 100 mil vezes na rádios do Brasil. Gusttavo Lima também aparece entre as 20 mais tocadas com "Zé da Recaída". Na Rádio Cidade Verde a canção ocupa o segundo posto em nosso TOP 10.

3 - Niall Horan - On the loose

Niall Horan também foi destaque em 2018. A dançante On The Loose foi o quarto single de trabalho do primeiro disco solo do artista, intitulado "Flickler". O artista também passou pelo Brasil este ano para shows no Rio de Janeiro e São Paulo e é uma das mais tocadas este ano pela Rádio Cidade Verde.

4 -  Anitta - Medicina

Anitta conquistou o troféu de Melhor Clipe por "Medicina" no Latin American Music Awards 2018, premiação realizada em Los Angeles, nos Estados Unidos. A canção traz elementos da música latina contemporânea e flerta com gêneros genuinamente latinos como reggae e reggaeton. A letra é assinada por Anitta em parceria com Jon Leone, Maurício Montaner, Mario Cáceres e Andy Clay. Leone assina a produção da faixa. Medicina não poderia ficar de fora da nossa lista das 10 mais.

5 - Wesley Safadão - Só pra castigar

Wesley Safadão parece só estar fazendo ainda mais sucesso, com o hit Só Pra Castigar, uma de suas mais recentes músicas de trabalho. Tal canção, aliás, está entre as cinco mais tocadas, do Spotify Brasil.O single faz parte do projeto WS Mais Uma Vez, e seu videoclipe já ultrapassou a impressionante marca de 76 milhões de visualizações, no YouTube. 

6 - Calvin Harris and Dua Lipa - One Kiss

A MTV divulgou uma lista com os 20 clipes mais tocados em todas suas filiais, pelo mundo. E o grande vencedor foi a parceria de Calvin Harris e Dua Lipa, "One Kiss". Em apenas 3 semanas, a faixa conquistou mais de 120 milhões de streams de áudio e vídeo em todo o mundo e chegou em 1º lugar no Reino Unido nos rankings oficiais, iTunes, Spotify, Apple Music e Shazam! “One Kiss” também atingiu o #1 na parada de singles em vários países.

7 - Melim - Meu Abrigo

Uma das grandes promessas do pop brasileiro, a banda Melim, formada pelos irmãos Rodrigo, Gabi e Diogo lançou seu primeiro álbum, “Melim” este ano. Após o lançamento bem-sucedido de um EP no final de 2017, o novo trabalho do grupo conta com 16 músicas autorais, entre elas o sucesso “Meu Abrigo” e “Ouvi Dizer”. A canção faturou o sétimo lugar na lista da Rádio Cidade Verde e não saiu do ouvido dos piauienses.

8 - Calvin Harris and Sam Smith - Promises

"Promises", a parceria de Calvin Harris com Sam Smith passou mais de quatro semanas no topo da parada britânica de singles.  A canção teve tanta repercussão que Sam liberou em seu canal no Youtube a performance ao vivo do single. O vídeo foi gravado durante a turnê de Sam, e mostra também alguns momentos divertidos dos bastidores. David Guetta também produziu um remix da canção.

9 - Vitor Kley - O Sol

Vitor Kley não imaginava que sua música "O Sol" fosse conquistar o Brasil tão rápido. O sucesso foi tanto que o hit foi parar na lista das 10 canções que mais se destacaram em 2018. Impossível você não ter ouvido ao menos uma vez à música de Victor Kley. Lançada bem no comecinho do ano, a música foi tomando grandes proporções e contagiando o ouvido das pessoas meses após sua divulgação. Bem climinha verão e good vibes, a canção se torna sua confort song logo após algumas ouvidas.

10 - Shape of You - Ed Sheeran

Quantas vezes você já ouviu "Shape of You"? Lançada em janeiro de 2017,  a canção é a mais tocada da plataforma Spotify e bateu uma marca histórica nesta segunda-feira (10): 2 bilhões de execuções. No entanto, o número bilionário não é exclusividade do Spotify. No YouTube, o clipe de "Shape of You" já bateu a marca de 3,9 bilhões de visualizações. Esta é a segunda vez que ela aparece na lista das mais ouvidas na Rádio Cidade Verde, ano passado na lidetança e este ano ainda em posição de destaque entre as mais tocadas.

O Blog Playlist deseja um Feliz Ano Novo a todos os leitores e promete ainda mais novidades ao longo de 2019. Nos encontramos por aqui!

 

Sonho de professor vira projeto de inclusão para crianças deficientes através da música

  • projeto_musica_eficiente-14.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • projeto_musica_eficiente.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • projeto_musica_eficiente-2.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • projeto_musica_eficiente-3.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • projeto_musica_eficiente-4.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • projeto_musica_eficiente-5.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • projeto_musica_eficiente-6.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • projeto_musica_eficiente-7.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • projeto_musica_eficiente-8.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • projeto_musica_eficiente-9.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • projeto_musica_eficiente-10.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • projeto_musica_eficiente-11.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • projeto_musica_eficiente-12.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • projeto_musica_eficiente-13.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • projeto_musica_eficiente-15.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • projeto_musica_eficiente-16.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • projeto_musica_eficiente-17.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com

Era dezembro de 2013, quando um sonho mudaria a vida do historiador João Gilberto Oliveira Foster. Ao acordar naquela manhã, a primeira missão foi organizar as ideias e colocar tudo no papel.  Com a ajuda de amigos que organizaram e formataram a iniciativa, nascia ali há cinco anos atrás, o primeiro projeto para inclusão de crianças deficientes através da música no Piauí, batizado de Música Eficiente.

Membro da Orquestra Sinfônica de Teresina, Gilberto trabalhava como historiador quando foi chamado para lecionar na Escola Pequeno Rubim no bairro Mocambinho. Foi lá onde ele passou a ver com outros olhos as crianças , que na época eram chamadas de especiais, mas que na verdade precisavam apenas de inclusão. Contrariando as expectativas, ele optou por se dedicar a essa causa, até então desassistida.

"Quando eu percebi os primeiros acordes que eles tiraram eu sabia que era com isso que eu iria trabalhar. Foi aí que começamos a atender três pessoas na escola e aí foram começando as publicações e quando viram que as crianças deficientes estavam tocando isso gerou um impacto muito grande. Rapidamente já éramos 40 alunos", conta o professor.

 João Gilberto de historiador se tornou um guia para centenas de crianças atendidas hoje pela escola. Ele buscou se especializar para oferecer um melhor ensino com educação especial, libras, musicalização infantil e muitos outros cursos. Não falta mais experiência no currículo do professor que mudou radicalmente a sua vida para ajudar a mudar a dos seus alunos. 

Hoje o quadro da escola  atende 220 matriculados que ocupam um prédio especial anexo a escola Pequeno Rubim, onde começou. O projeto tem como foco principal o ensino em música para pessoas com deficiência através da inclusão, que acontece com a presença de 30% de alunos sem deficiência convivendo no mesmo espaço, assistindo as mesmas aulas e dividindo os mesmos instrumentos com os colegas deficientes.

Foto: Roberta Aline / Cidadeverde.com

É essa inclusão que motiva garotos como Mikéias Rodrigues Mota Melo, de apenas 10 anos. Deficiente desde que nasceu, a escola para ele é o ambiente em que se sente mais especial, mas não pelas suas características físicas, simplesmente por poder ser uma criança normal. 

"Aqui eu me sinto uma criança como qualquer outra com muitas habilidades e algumas que outros nem conseguem ter. Nunca senti preconceito e fiz muitos amigos. A música é tudo na minha vida", fala o estudante.

Luzia Vitoriana Mota, de 65 anos é avó de Mikéias e cria o garoto desde que ele foi deixado pelos pais. Ela conta que o medo chegou a tomar conta de seus pensamentos sobre a criação do garoto que nasceu com hidrocefalia e mielomeningocele, mas que a sensação se tornou orgulho ao ver que durante a sua vida, Mikéias só atraiu "estrelas", como ela costuma chamar pessoas como o professor Gilberto.

"Eu fico até sem palavras porquê para mim esse projeto é todo completo. Não falta nada. Só em ver essa criança se desenvolver, não há dinheiro que pague. Hoje peço perdão a Deus pelo que pensei sobre a vida do Mikéias pois a cada dia cai uma nova estrela para ele e é só luz", diz Luzia emocionada.

Ela afirma que sempre fez questão de manter todos os quatro filhos que teve na escola e com Mikéias não é diferente. Mesmo analfabeta, Luzia defende um ponto de vista muitas vezes negligenciado na sociedade atual. A cultura e a presença dos pais.

"A música é tudo na vida dele. A escola e a música não tem nada para se comparar. Quem tiver filhos a minha mensagem é que invista na cultura e acompanhem de perto, tenha tempo para seus filhos, conversem com eles. A vida me ensinou e a cultura foi o maior aprendizado da minha vida", completa.

Mikéias que entrou no projeto desde o início hoje já toca 11 instrumentos violino, violão, flauta doce, teclado, cavaquinho, guitarra, flauta transversal, saxofone, meia-lua, pandeiro e escaleta.

Além de formar cidadãos, hoje o Música Eficiente forma também profissionais que atendem em diversas áreas crianças com deficiência de todos os tipos. Além de Teresina o projeto já começou a se descentralizar pelo interior, em outros três municípios, e já planeja voos maiores, como um intercâmbio que fará na Itália em março de 2019.

“Vamos passar uma semana na Itália com os alunos para fazermos uma apresentação. Os italianos conheceram o projeto  e nunca tinham visto nada como aqui. Inclusive o Mikéias vai com a avó dele e lá vamos dividir nossas experiências”, conta o professor.

O projeto continua sendo inteiramente voluntário desde seu início e vivendo as custas de doações, a maioria delas do Judiciário Piauiense. Mas segundo o professor, a partir de 2019 essa realidade deve mudar e todos os atuais 17 voluntários serão contratados e passarão a receber uma remuneração para prestar essa assistência. Uma conquista que para o professor abrirá portas e fará do projeto um verdadeiro centro especializado de treinamento para ensinar aqueles que no futuro vão difundir a didática e ensino de música em nossa região.

“Não tenho dúvida desse crescimento do projeto. Esse conhecimento não deve ficar preso só conosco.  Vamos desconstruir para a sociedade que o deficiente não é capaz. Sou grato a Deus por me dar essa oportunidade e hoje eu consigo que a sociedade olhe essas pessoas com outros olhares. Eu vivo aqui e meu alimento diário é perceber no olhar da criança um sorriso após entender aquilo que estamos passando e fazendo da música seu instrumento de inclusão”, conclui o professor.

"Disk Me", de Pabllo Vittar, ganha versões eletrônicas

“Disk Me”, sucesso do novo álbum da cantora Pabllo Vittar, acaba de ganhar três novas versões eletrônicas nesta sexta-feira (21). Um romântico R&B misturado com tecnobrega em sua versão original, a canção agora está pronta para invadir as pistas com os remixes dos produtores Maffalda e Omulu.

Confira: https://smb.lnk.to/DiskMeRemixes

Conhecido por incorporar ritmos brasileiros a produções eletrônicas, o paulistano Arthur Gomes, mais conhecido como Maffalda, é um dos produtores musicais por trás de “Não Para Não”, atual disco de Pabllo Vittar. Na mesma pegada, o carioca Antonio Antmaper, mais conhecido como Omulu, aposta, em seus trabalhos, na renovação de ritmos nacionais, do funk ao tecnobrega, ao mesclá-los com batidas eletrônicas das cenas ao redor do mundo.

A versão original de “Disk Me” estreou no início de outubro, junto com o novo álbum. No dia seguinte, a canção ganhou clipe com direção e roteiro da dupla Os Primos (João Monteiro e Fernando Moraes) – mesma equipe por trás do vídeo do sucesso “Problema Seu”, que já passa das 59.4 milhões de visualizações. Em um vídeo performance que traz a cantora em olhar intimista, a produção explora novas possibilidades estéticas e mistura a linguagem do pop com inspirações indie. O clipe de “Disk Me” já passa de 30.4 milhões de visualizações.

 

Drake leva títulos de artista do ano e melhor música

Foto: Reprodução / Youtube

A revista americana Billboard divulgou, ao longo da última semana, suas tradicionais listas de melhores do ano na música. 

O rapper canadense Drake foi um dos destaques da premiação, encabeçando a lista de melhores músicas, com "God's Plan", e de artista do ano. 

Drake também foi o segundo colocado na lista de melhores álbums, categoria liderada pela americana Taylor Swift e seu disco "reputation". 

Entre os artistas revelação, a primeira colocação ficou com a rapper americana Cardi B. Confira abaixo a lista dos dez melhores nas categorias mais importantes.

MELHORES MÚSICAS
1. God's Plan - Drake
2. Perfect - Ed Sheeran
3. Meant to Be - Bebe Rexha & Florida Georgia Line
4. Havana - Camila Cabello Featuring Young Thug
5. Rockstar - Post Malone Featuring 21 Savage
6. Psycho - Post Malone Featuring Ty Dolla $ign
7. I Like It - Cardi B, Bad Bunny & J Balvin
8. The Middle - Zedd, Maren Morris & Grey
9. In My Feelings - Drake
10. Girls Like You - Maroon 5 Featuring Cardi B

MELHORES ÁLBUNS
1. reputation - Taylor Swift
2. Scorpíon - Drake
3. beerbongs & bentleys - Post Malone
4. The Greatest Showman - Soundtrack
5. ÷ (Divide) - Ed Sheeran
6. Invasion Of Privacy - Cardi B
7. ASTROWORLD - Travis Scott
8. Stoney - Post Malone
9. ? - XXXTENTACION
10. Culture II - Migos

MELHORES ARTISTAS
1. Drake
2. Post Malone
3. Ed Sheeran
4. Taylor Swift
5. Cardi B
6. XXXTENTACION
7. Imagine Dragons
8. BTS
9. Bruno Mars
10. Camila Cabello

MAIORES REVELAÇÕES
1. Cardi B
2. XXXTENTACION
3. Juice WRLD
4. Dua Lipa
5. 6ix9ine

Fonte: Folhapress

Posts anteriores