Cidadeverde.com

Anitta lança clipe de "Downtown" com participação de J Balvin

Anitta finalmente liberou o clipe de "Downtown" nesta segunda-feira (20). Com parceria de J Balvin, com quem fez parceria na canção "Ginza", a cantora está mais sensual do que nunca. Essa é a terceira música do projeto Checkmate e a primeira cantada em espanhol. 

No entanto, vale lembrar que essa não é a primeira vez que Anitta mostra que tem talento de sobra para cantar em espanhol. O seu primeiro hit internacional foi "Paradinha" e lá a carioca já mostrava toda sua essência latina. Prova disso é que a música foi sucesso em vários países da América Latina, inclusive no Brasil. Ou seja, tudo indica que "Downtown" tem potencial de sobra para repetir o mesmo sucesso. Afinal, além da cantora, a música também leva o nome de J Balvin, um dos principais nomes do reggaeton.

O projeto Checkmate ainda não chegou ao fim e no mês que vem teremos mais uma nova canção de Anitta. Será que em dezembro iremos ouvir "Vai, Malandra"? 

Assista "Downtown":

Especial Sandy e Júnior reúne cantores e fãs em Teresina

Um grupo de cantores piauienses decidiu reviver a década de 90 e todo o sucesso da dupla Sandy e Júnior. O repertório do show promete versões de hits como Não Ter, A Lenda, Vai Ter que Rebolar e até Maria Chiquinha.

Dois dias antes do evento, os ingressos disponibilizados para venda on-line já esgotaram. As cantoras Bia Magalhães e Monise Borges, comandam as vozes de Sandy e convidaram Rayldo Pereira e Fellype Ayres, para as vozes de Júnior. Eles de juntam a banda formada por Tauana Queiroz, Mário Araújo e Kamilla Carvalho, e prestam essa homenagem a dupla que marcou época na música pop brasileira.

O show acontece nesta sexta-feira a partir das 19h30 no Tomato Gastronomia e Cultura na rua Desembargador Freitas. Ingressos estarão disponíveis na bilheteria do local.

Palácio da Música de Teresina comemora 8 anos com diversas atrações

  • FotoIS_(210).jpg Divulgação
  • FotoIS_(279)_(1).jpg Divulgação
  • FotoIS_(295).jpg Divulgação
  • FotoIS_(367).jpg Divulgação
  • IMG_0797.jpg Divulgação
  • IMG_0833.jpg Divulgação
  • IMG_0835.jpg Divulgação
  • IMG_0898.jpg Divulgação
  • IMG_0793.jpg Divulgação

Na próxima segunda-feira, dia 20 de novembro, o Palácio da Música de Teresina celebra oito anos de existência com apresentações de diversos artistas da casa e convidados. O evento será aberto à toda população, às 19h30, com entrada franca.

Diversos são os artistas que se apresentarão, em uma variedade de estilos musicais. São eles: Quarteto de Cordas da OST, Quarteto The Sax, André de Sousa, Luana Campos, Soraya Castelo Branco, Flávio Moura e Banda, Vagner Ribeiro e Valor de PI, W2B e Luciano Santos.

O Palácio da Música foi inaugurado em 20 de novembro de 2009, como uma reivindicação antiga por um espaço propício para os grupos musicais da Prefeitura de Teresina ensaiarem e se aprimorarem. O antigo Mercado do Cajueiro, agora totalmente readaptado, conta com seis salas de estudo, salas de ensaios, sala para concerto denominada Possidônio Queiroz, com 140 lugares. Todos os espaços têm uma acústica apropriada de forma que não há interferências de sons. É a casa da Orquestra Sinfônica de Teresina, Orquestra Sanfônica de Teresina, Banda 16 de Agosto e Orquestra de Violões.

Para movimentar ainda mais o espaço, são oferecidas também algumas oficinas voltadas especificamente para o público jovem e possível aspirante à profissionalização musical. São eles: violão, violino, viola, contrabaixo acústico, violoncelo, acordeon e guitarra, com inscrições semestrais.  Por serem cursos praticamente gratuitos (o aluno paga uma taxa semestral unicamente no ato da matrícula), a prioridade é para jovens, por estes terem menores possibilidades de arcarem com aulas particulares e maiores chances de se transformarem nos novos profissionais da música piauiense. Temos estrutura para aceitar crianças a partir de 08 anos de idade.

O Palácio da Música de Teresina é mantido pela Prefeitura Municipal, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, e fica localizado no cruzamento das ruas Santa Luzia e Treze de Maio, N° 1241, Centro.

Estrela do 'Rupaul's Drag Race', Alaska Thunderfuck lança clipe gravado no Brasil

Vencedora do "RuPaul's All Stars Drag Race" — programa com ex-competidoras do reality regular que têm uma chance de entrarem para o hall da fama das drags —, Alaska Thunderfuck lançou, nesta sexta-feira, o clipe de "Come to Brazil". Como o título da faixa adianta, o vídeo foi gravado durante a última passagem da drag queen americana pelo país, em julho deste ano. O vídeo foi produzido e financiado de forma independente pelos próprios fãs da artista, que competiu na quinta edição do reality show.

Gravado em diversas locações de São Paulo – do galpão da escola de samba Vai Vai à praia do Guarujá — o vídeo retrata de forma bem humorada as situações descritas na letra da música, composta durante uma visita anterior da artista pelo Brasil, em 2016.

— Fizemos jus ao meme "please, come to Brazil!" — brinca Luiz Guilherme Moura, que dirigiu o vídeo ao lado de Juily Manghirmalani.

A produção reuniu mais de 60 pessoas entre equipe, artistas e drag queens brasileiras, além de dezenas de fãs que participaram como figurantes nas gravações. Matéria original no O Globo.

 

Estrela Leminski e Téo Ruiz lançam novo disco em Teresina

Estrela Leminski e Téo Ruiz chegam a Teresina para lançar seu novo disco autoral: “Tudo Que Não Quero Falar Sobre Amor” . O show está marcado para a próxima sexta-feira (10) no Tomato Gastronomia e Cultura, no Centro da capital, a partir das 20h. A  abertura fica por conta da banda piauiense Validuaté, que está em pleno trabalho de finalização do seu novo disco e apresenta aos fãs sua nova formação com dois novos integrantes, Igor Melo no baixo e Leone Vinícius no teclado.

“Tudo Que Não Quero Falar Sobre Amor” 

12 canções, 12 clipes, 13 diretores de vídeo, 7 produtores musicais, 6 lançamentos, 4 cidades diferentes e mais de 100 pessoas envolvidas diretamente. “Tudo Que Não Quero Falar Sobre Amor” é uma experiência transmidiática que levou seis meses para alcançar o resultado final: um disco físico e turnê pelo Brasil. 

Os produtores que assinam a produção musical são: Guilherme Kastrup (produtor e diretor artístico do disco “A Mulher do Fim do Mundo”, de Elza Soares), Dante Ozzetti (compositor e produtor reconhecido nacionalmente), Rodrigo Lemos (Lemoskine e Naked Girls and Aeroplanes), Marcelo Fruet (produtor do Dingo Bells), Fred Teixeira (produtor curitibano), John Ulhoa (Pato Fu) e Pupillo (Nação Zumbi). 

O rock-poético, de ênfase na canção, ganha visões diferentes sem perder a unidade e coesão dentro da diversidade de nomes. O som é pop com ruído, urbano e contemporâneo, dançante e o título não poderia ser mais direto. Apesar de Estrela e Téo serem um casal, não espere exaltação ao amor romântico. “As canções que tratam do tema falam do amor depois do ‘e viveram felizes para sempre’”, explica Estrela. 

O projeto visual conta com doze videoclipes assinados por dez diretores: Luciano Coelho, Gustavo Guimarães (ex-MTV e ex-Discovery Channel), Juliana Sanson, Bernardo Rocha, Carol Winter, Marta Souza, Erich GegenBauer, João Marcelo Gomes, Henrique Ribeiro, Carlon Hardt, Lucas Fernandes, Marina Vello e Paulo Biscaia. Entre os atores e atrizes estão Guta Ruiz, que atuou em novelas da Rede Globo, Juana Profunda, Daniel Valenzuela, Rubia Romani e o cantor e compositor, Leonardo Fressato. 

Fugindo da lógica mercadológica de divulgação, os compositores lançaram os 12 videoclipes das canções inéditas entre abril e agosto deste ano. O clipe de ‘Poliamor’ foi indicado na categoria de melhor videoclipe no Rio Web Festival e a música figurou entre as 50 mais compartilhadas da plataforma de streaming Spotify. 

 

Posts anteriores