Cidadeverde.com

Entrevista: Davi Scooby lança "Pra Vida Toda" com show no Teatro do Boi

  • IMG_6378.jpg Thiago Amaral/cidadeverde
  • IMG_6375.jpg Thiago Amaral/cidadeverde
  • IMG_6371.jpg Thiago Amaral/cidadeverde
  • IMG_6368.jpg Thiago Amaral/cidadeverde
  • IMG_6364.jpg Thiago Amaral/cidadeverde
  • IMG_6362.jpg Thiago Amaral/cidadeverde
  • IMG_6360.jpg Thiago Amaral/cidadeverde
  • IMG_6358.jpg Thiago Amaral/cidadeverde

Onze anos de carreira resumidos em nove composições. Essa é a equação do disco "Pra Vida Toda", primeiro álbum da carreira do baixista Davi Scooby. Baiano radicado em Teresina, o músico divide sua vida profissional entre a produção musical de outros artistas e a Banda Validuaté.

Prestes a lançar seu primeiro disco, evento que acontece nesta quinta-feira (18) no Teatro do Boi, zona Norte de Teresina, Davi recebeu o blog Playlist em sua casa para um bate-papo sobre o novo trabalho e sua carreira.

"Pra Vida Toda"

Com composições que chegam a 15 anos de idade e outras mais recentes, o disco de Davi Scooby prova que seu trabalho não é datado e nem mesmo limitado. O artista tem como instrumento principal o contra-baixo, mas toca piano e diversos outros instrumentos que servem de suporte em seu trabalho como produtor.

Mesmo a poucos anos na capital, o músico já acumula projetos de sucesso como o Jam Sessions e o Festival Guitarreiros, realizado em 2013 em Teresina. Mistura é o seu estilo, e para Davi, o tempo não foi um limitador. Sem cobranças por prazo, cada nova composição nascia de um sentimento, experiência ou ideia do artista ao longo dos anos.

"Esse disco não tem um roteiro, fui vivendo devagar. Uma música eu fiz há 15 anos, aí eu passo um espaço de quatro anos, cinco anos e faço uma outra música, daqui a pouco no espaço de minutos eu já estou com o início de outra na cabeça. Cada música foi composta em um lugar por uma razão, um sentimento. Por fim, eu cheguei um dia e pensei em registrar minhas composições pelo meu tempo de carreira e acho que chegou a hora", completou Davi.

Samba, bossa, baião, axé e uma forte influência africana "a cara da Bahia", como define. Todos esses elementos estão presentes em "Pra Vida Toda". "O disco é bem brasileiro. O meu estilo mistura isso tudo, digamos que seja uma fase. Já passei por várias fases e hoje estou vivendo essa", acrescentou.

Carreira

O contato com a música começou muito cedo para Davi, aos três anos ele já ensaiava seus primeiros sons na escola de música e a família, serviu de influência para sua imersão na carreira musical. Formado em Turismo, Davi conta que foi uma escolha difícil se focar na música, mas para ele, sem dúvidas este é o melhor caminho para o artista.

"Toda a base e tudo o que vou fazer está em meio a música. Eu não me imagino fora dela nem pelas dificuldades que a gente encontra. O músico deve viver só de música e esse é meu pensamento. Nesse ponto a música é egoísta. Se você deixa ela de lado um pouquinho ela te abandona mais do que você imagina. Eu acho que músico deve priorizar. Eu entendo a dificuldade de todos mas essa é minha opinião", reforçou o músico.

Mesmo com tanta convicção, Davi admite que o caminho é difícil, mas hoje serve de exemplo para outros artistas, de dedicação e amor pela música.
"Não foi fácil essa posição. Eu fui amadurecendo e vivenciando e hoje sei que. Eu prego o que eu vivo e as vezes sem falar nada, as pessoas percebem como é possível. Acredito que essa postura influenciou outros músicos, principalmente pelos meus projetos. Acho que a gente acaba influenciando até sem saber", concluiu.

Serviço

Lançamento disco "Pra Vida Toda"

Quinta-feira 18 de junho - 19h30
Teatro do Boi - Teresina/ PI
Participação: Duo Josué Costa & Ivan Silva
Ingressos disponíveis na Tocatta e Studio Center

Ouça na íntegra "Pra Vida Toda":