Cidadeverde.com

Livro “O Filme Perdido”, com imagens de Torquato Neto, é lançado em Teresina

Será lançado no próximo dia 13 (segunda-feira), às 19h, o livro “O Filme Perdido”, no Café Arte Bar Genu Moraes, do Teatro 4 de setembro. O livro traz fotografias das gravações do filme Adão e Eva: do Paraíso ao Consumo que foi rodado em 1972 em super 8 e teve  participação  de Torquato Neto no papel de Adão. A publicação reúne cerca de 27 imagens do artista.

Considerado, até que se prove o contrário, como o primeiro filme feito no Piauí, a película foi perdida anos mais tarde, quando se tentou fazer uma cópia  na Península Ibérica. Alguns anos atrás, o pesquisador de história da arte Guga Carvalho, juntamente com o artista Danilo Medeiros, começou a juntar as fotografias da filmagem, que são de autoria do médico Antônio de Noronha, figura exponencial da cena cultural dos anos 1970 em Teresina.  Conseguiram uma verba para tratamento de restauro digital e montaram uma exposição.

Curiosamente a exposição não tratava do filme Adão e Eva, mas da relação entre as fotografias e um filme que está perdido. “Algumas pessoas acharam estranho, mas meu interesse não é o filme Adão e Eva, e sim essa espécie de presença em suspensão que a película ganhou quando se perdeu, não foi destruída, e a qualquer hora pode ser encontrada numa cinemateca qualquer. As fotografias se tornaram peças raras para entender essa relação obra- documento, presença e ausência.  Um tesouro que estava esquecido e que agora vamos divulgar”, conta Guga.

Aprovado pela lei Rouanet, o projeto do livro de arte sobre esse conjunto de fotografias e que conteria suas reflexões sobre o estatuto cultural das imagens, foi patrocinado pelo Banco do Nordeste.

O Livro O Filme Perdido tem design gráfico de Phillipe Xadai.  Guga conta que o livro será distribuído para museus e bibliotecas de todo o Brasil. “Com a notícia do livro, muitas pessoas de fora, pesquisadores e curadores de arte, já estão na fila, me pedindo um exemplar”, garantiu.

Além de Teresina, o livro será lançado em Fortaleza, no Centro Cultural Banco do Nordeste, no dia 21 de julho, onde Guga Carvalho e Antônio Noronha farão palestra sobre a cena cultural do Piauí. Depois, o livro será lançado em outros museus e capitais do Brasil.