Cidadeverde.com

Após biografia, vida de Ângela Maria pode virar filme

  • angela12.jpg Maria Romero/Cidadeverde.com
  • angela11.jpg Maria Romero/Cidadeverde.com
  • angela10.jpg Maria Romero/Cidadeverde.com
  • angela9.jpg Maria Romero/Cidadeverde.com
  • angela8.jpg Maria Romero/Cidadeverde.com
  • angela7.jpg Maria Romero/Cidadeverde.com
  • angela6.jpg Maria Romero/Cidadeverde.com
  • angela5.jpg Maria Romero/Cidadeverde.com
  • angela4.jpg Maria Romero/Cidadeverde.com
  • angela3.jpg Maria Romero/Cidadeverde.com
  • angela2.jpg Maria Romero/Cidadeverde.com
  • angela1.jpg Maria Romero/Cidadeverde.com

A cantora Ângela Maria pode ser a próxima estrela brasileira a ir para a telona, foi o que revelou seu marido  Daniel D’Angelo no programa Cidade Viva na TV Cidade Verde. Atração do Projeto Seis e Meia desta terça-feira (17) a cantora Ângela Maria conversou rapidamente com o Playlist nos bastidores de sua participação no programa. Simpática, Ângela tirou fotos com todos e comenta feliz a alegria que é estar em Teresina mais uma vez.

"Já estive várias vezes aqui e só tenho alegria toda vez que venho. Estou em cada dia com mais garra e mais vontade de estar no palco o tempo não apaga isso", comentou Ângela.

Daniel explicou que ainda não é nada definitivo, mas que assim como outras grandes cantoras, uma obra cinematográfica será produzida para contar a história de Ângela. Lançada recentemente, outra obra conta a história do ícone do rádio.  A biografia, "Ângela Maria - A Eterna Cantora do Brasil", escrita pelo jornalista Rodrigo Faour, detalha  a esfera íntima de Ângela, o livro vasculha o início do showbusiness brasileiro, nos anos 50.  

Apesar de já ter admitido em entrevistas que havia coisas que não gostaria de ter visto publicadas, Ângela comenta que hoje "está tudo bem" e se orgulha ao falar do livro sobre sua vida. "É a minha história e tudo que está lá fez parte dela", completou.

Ângela falou ainda a respeito da juventude, cobrada atualmente nas redes sociais e alvo de comentários e notícias, como a recente polêmica que envolveu a atriz Vera Fischer, alvo de críticas somente por ter aparecido em um aeroporto sem maquiagem.

"A ditadura da juventude não me incomoda. Para mim nunca foi cobrado nada. Minha carreira sempre foi tudo de bom e eu sempre fui e sou uma mulher muito feliz e querida por todo o mundo", declarou Ângela.

No palco do Theatro 4 de Setembro, a cantora apresenta sucessos seus e de outros compositores no show "Ângela Maria à Vontade com Voz e Violão", acompanhada por Ronaldo Rayol, irmão do cantor brasileiro Agnaldo Rayol.