Cidadeverde.com

Xavante movimenta cenário eletrônico de Teresina neste fim de semana

  • 6f886227-e064-4ba8-9723-73425548e6d8.jpg Divulgação
  • 0384973e-b2f7-4cd7-ac7f-87f60410e427.jpg Divulgação
  • 17de90d8-f39d-4374-96ba-0915626d872c.jpg Divulgação
  • 1dad136e-98ca-4f9f-8cb3-222df3a2b9f8.jpg Divulgação
  • b7030d6c-732d-4422-9267-c9853648a8ab.jpg Divulgação
  • 4d8e28dd-3fc0-4c27-ba61-6f3573565833.jpg Divulgação

Acontece neste sábado (07), a partir das 23 horas, a Xavante, uma festa de música eletrônica que promete misturar ritmos, sons e cores da cultura indígena. Diversas tribos estarão reunidas no Sítio Monte Verde, na Estrada da Usina Santana, Zona Sudeste de Teresina, para curtir DJs consagrados nacional e internacionalmente.

Realizada pelo Povo do Sol Produções, a Xavante apresentará diversas vertente da música eletrônica, como o Full On, Prog, Techno, Minimal, Dark e Psytrance. Marcarão presença no evento os DJs Diff, Yang, Cosmogil Live, Liquid Vision, Animinim4l, Saddem e a renomada Ekanta, que possui 20 anos de pista e já participou de vários eventos, dentre eles o Universo Paralelo, 303, Fora do Tempo, Samsara, Trance Formation, Boom Festival, Voov e Tundra.

O piauiense Yang é outro destaque da festa. O artista já figurou em festivais nacionais e representará o Piauí no Festival Alternativo Kranti (F.A.K), uma das pistas mais disputadas do país.

Com decoração psicodélica, iluminação fluorescente e diferentes ambientes, a Xavante promete resgatar a cultura indígena, misturando cores da tribo brasileira.

“Xavantes significa povo verdadeiro, por isso são nossa fonte de inspiração. Além disso, são os que mais utilizam pinturas para se manifestar durante rituais e ensinamentos, colaborando com a temática da festa. A proposta é também conscientizar as pessoas para valorização da cultura dos nossos povos indígenas”, destaca a produtora Joana Pires.