Cidadeverde.com

Rihanna, Paul McCartney e Kanye West dividem o palco na 1ª apresentação de 'Fourfiveseconds'

Rihanna conseguiu emocionar em sua performance na noite deste intenso Grammy 2015. Acompanhada de P1aul McCartney e Kanye West a musa de Barbados apresentou o hit "Fourfiveseconds" pela primeira vez ao vivo e a plateia, contagiada cantou junto com o trio durante a apresentação.

Com um cenário simples e um fundo branco, assim como no clipe, a apresentação reforçou ainda mais os potentes vocais da cantora. A atração era uma das mais esperadas da noite.

 

 

Stevie Wonder também foi uma incrível presença no Grammy. O cantor encerrou a participação de Usher que cantou "If It's Magic" na premiação. tocando gaita ao vivo e emocionando a plateia presente.

 

Ed Sheeran canta música romântica ao lado de John Mayer no Grammy 2015

O ruivo mais bem sucedido da indústria fonográfica, Ed Sheeran, fez uma apresentação apaixonante. Cantando Thinking Out Loud ao lado do cantor americano John Mayer.

John Mayer subiu ao palco para colaborar com sua guitarra e voz na performance da balada romântica do álbum X. Deixando todos ainda mais apaixonados pelo hit de Ed Sheeran.

Outra parceria de sucesso no Grammy 2015 foi da dupla composta pela ex-coach do The Voice americano, Gwen Stefani, e o belo Adam Levine. A vocalista do No Dout, que recentemente lançou seu segundo álbum solo, subiu ao palco com um longo vermelho.

**Colaboração de Lucas Marreiros.

 

Obama introduz apresentação de Katy Perry no Grammy 2015

Se alguém ainda duvidava que Katy Perry está com tudo neste ano, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, tirou essa dúvida. Foi ele quem introduziu a apresentação da cantora no Grammy.

Em seu discurso, Obama alertou sobre violência doméstica e afirmou que uma em cada cinco mulheres já experenciaram algum tipo de violêcia. O presidente pediu também ajuda dos artistas para criar uma cultura de combate violência doméstica.

Depois de Obama, uma vítima relatou sua experiência de vida e anunciou a performance de Katy Perry. Para uma apresentação inspirada em um tema tão delicado como a violência doméstica Kate Perry cantou a música By The Grace of God. 

Toda vestida de branco à cantora, que começou a cantar na igreja, deve ter lembrando um pouquinho dessa fase de sua vida.

Algo que chamou a atenção foi o que parecia ser à sombra da cantora. Mas na verdade se tornou um conjunto de sombras que dançava lentamente ao som da voz de Katy, um recurso cada vez mais comum em apresentações norte-americanas. Assista:

***Colaboração de Lucas Marreiros.

 

 

Tony Bennett e Lady Gaga dançam no palco em performance intimista

 
Tony Bennett e lady gaga se apresentaram incorporando a antiga vibe dos shows de Jazz com um palco mais intimista e uma performance passional. Gaga já se mostrou uma musa do estilo e com seu vocal potente e emocional conseguiu fazer uma das melhores performances de Cheek To Cheek, canção que dá nome ao seu álbum com o cantor.
 

Com um vestido preto, provavelmente inspirado na personagem Jessica Rabitt (hahaha) Gaga dançou com Tony e arrancou aplausos da plateia ao longo de toda a apresentação.

Hozier subiu ao palco com seu maior hit "Take me to church" com a participação especial de Annie Lennox que cantou "I Put a Spell On You". Com solos de guitarra impecáveis, os artistas se entregaram a performace poderosa.

 

 

Pharrel Williams, acompanhado por violinos e pianos fez uma versão mais épica de Happy vestido de mordomo de hotel.

 

Vídeo: Madonna reproduz clipe de 'Living For Love' no palco do Grammy

  • madonnadonna.jpg Reuters
  • madonnadentro4.jpg Reuters
  • madonnadentro3.jpg Reuters
  • madonnadentro2.jpg Reuters
  • madonnadentro.jpg Reuters

Depois de performances mornas para a noite de premiação, Madonna surge no palco para seu primeiro live de "Living For Love". A performance era uma das mais esperadas da noite e foi anunciada por Miley Cyrus e Nicki Minaj. A cantora reproduziu cenas do clipe, lançado essa semana. Madonna vestida de vermelho foi novamente a "minotoureira" que encarnou no clipe. O balé, sempre impecável quase roubou a cena, não fosse o momento em que Madonna larga o microfone e se joga, literalmente.

No fim, um coral, quase tradicional em suas apresentações, subiu ao palco para encerrar o show com Madonna voando carregada por cabos. A plateia aplaudiu de pé a performance da cantora.

Kanye West

Após seis anos afastado do palco da premiação, Kanye West retorna para uma performance não muito empolgante com direito a efeitos de voz e apenas uma luz iluminando seu rosto, dando um tom sombrio para a performance.

Posts anteriores