Cidadeverde.com

Auditor explica que não há déficit na Previdência: "conta é feita de forma errada"

Foto: Pablo Cavalcante/Rádio Cidade Verde

Em entrevista para a Rádio Cidade Verde, o auditor fiscal Carlos Eduardo Leite apresentou dados para explicar que não existe déficit da Previdência, ainda que acredite que a reforma do setor seja necessária. 

"Quando o Governo fala em déficit da Previdência a conta é feita de forma errada. São colocadas despesas que não são de natureza previdenciária e são tiradas inúmeras receitas que são da Previdência", disse Leite, no Cidade Verde Notícias desta terça-feira (5). 

Entre as receitas que são retiradas da conta, o auditor citou a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) - cujo próprio nome já cita a destinação que deveria ser dada a ela. 

Carlos Eduardo Leite acrescentou que a própria Comissão Parlamentar de Inquérito instaurada no Senado concluiu, com dados oficiais do Governo, que não há déficit. 

Na entrevista, ele fez a ressalva de que os auditores da Receita Federal não são contra a reforma da Previdência e admitem, por exemplo, uma mudança na idade de contribuição. Contudo, os motivos hoje alegados para fazer as alterações na legislação são, na visão de Leite, equivocados. 

"A reforma da Previdência é necessária, mas a base que eles estão colocando é em torno de mentiras, de inverdades", completou. 

Ouça a entrevista na íntegra:

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com