Cidadeverde.com

Sete suplentes assumirão mandatos na Alepi

A crise que envolveu deputados estaduais governistas e suplentes está perto do fim. Em setembro os seis parlamentes que ocupavam cargos no primeiro escalão do governo reassumiram na Assembleia Legislativa, causando estragos na base aliada ao Palácio de Karnak.  Acordo prevê convocações em três etapas até o sétimo suplente, João de Deus Sousa (PT).  Os deputados Fábio Novo (PT) e José Santana (MDB) serão os primeiros a retornar ao governo, beneficiando os suplentes Bessah Filho (Progressistas) e Warton Lacerda (PT).