Cidadeverde.com

Antônio Neto deixa Secretaria de Planejamento e Rejane Tavares assume

Fotos: Divulgação CCOM

A secretária interina do Planejamento, Rejane Tavares, assume a pasta em definitivo. O então titular, Antônio Neto, pediu para deixar o governo e o pedido foi aceito pelo governador Wellington Dias, que imediatamente convidou Rejane e ela aceitou. 

Aliado de primeira ordem do governador, Antônio Neto esteve em todas as gestões petistas desde 2003, em pastas como a Secretaria da Fazenda, nos dois primeiros mandatos, onde foi responsável pela tabela anual de pagamento dos servidores, na Agência de Fomento e por seis anos no Planejamento. Antonio Neto sofreu um leve AVC, no início do mês de agosto, e foi aconselhado pelos médicos que tivesse uma vida com menos stress.

“Foi uma decisão difícil para mim, mas também madura. Refleti que o meu ciclo de gestor público se encerrou. Tenho a consciência tranquila de que deu o meu melhor para gestão pública do Estado. Novas lideranças estão surgindo no governo e isso é saudável. Vou agora cuidar mais de minha saúde e família e depois pensar em algum projeto mais ameno e que possa ser útil para a sociedade. Continuo acreditando no nosso projeto de Governo e desejo boa sorte à nova equipe da Seplan”, disse o agora ex-secretário.

Na reunião de ontem(23), a nova secretária já tratou com o governador sobre o resgate das metas que foram traçadas anteriormente, para que haja um panorama das que faltam ser concluídas. E outras foram traçadas com o objetivo alcançar o desenvolvimento econômico, com segurança e investimentos, melhorar a mobilidade urbana, o lazer.