Cidadeverde.com

DEM de Teresina expulsa suplentes e mira vereadores

 

A nova direção municipal da sigla confirmou expulsões de Celso Henrique e Paulo Sandro Alves, suplentes de vereador em Teresina. O motivo foi infidelidade partidária no segundo turno da eleição de prefeito na capital. No processo disciplinar da direção municipal os suplentes foram acusados de não seguir orientação do partido de apoio ao então candidato a prefeito Kléber Montezuma (PSDB). Os vereadores Markim Costa e Roberval Queiroz também estão na mira da direção municipal do DEM, Os dois parlamentares respondem processo disciplinar por descumprimento de decisões partidárias em relação a recente adesão à base aliada ao prefeito Dr. Pessoa (MDB). O processo será julgado nesta sexta-feira, 18.