Cidadeverde.com

Solidariedade incorpora PROS, mantém fundo partidário e tempo de propaganda na TV

solidariedade

Foi a primeira consequência política após o pleito de 2 de outubro. Com a incorporação, o Solidariedade passa a contar com 8 deputados federais, um senador, o governador eleito do Amapá e ainda está no segundo turno da eleição em Pernambuco com a candidata Marília Arraes. A medida foi aprovada nesta segunda-feira,17, em convenção nacional on-line. Segundo o presidente estadual da legenda, Evaldo Gomes, a incorporação assegura o Solidariedade em acordo com as exigências da cláusula de desempenho, permitindo acesso ao fundo partidário e à propaganda partidária na TV e no rádio. Na prática siginifica a sobrevivência política da sigla, que elegeu 04 deputados federais e o PROS mais 04, totalizando agora uma bancada com 08 parlamentares. No Piauí, o Solidariedade com o PROS incorporado segue dirigido pelo deputado estadual Evaldo Gomes.