Cidadeverde.com

Ideologia de gênero

A Comissão de Legislação e Justiça da Câmara Municipal de Teresina apresentou, nesta segunda-feira (22), emenda modificativa ao projeto nº 136/2015, da Prefeitura de Teresina, que dispõe sobre o Plano Municipal de Educação. A emenda propõe a supressão do termo “gênero” ao texto do projeto, que define diretrizes, metas e objetivos para a Educação Municipal no prazo de 10 anos.

“Esse termo foi incluído de forma arbitrária pelo Ministério da Educação e repassada ao Distrito Federal, estados e municípios, mesmo contra a decisão do Congresso Nacional, que rejeitou a inclusão do termo ideologia de gênero. Não estamos discutindo orientação sexual, mas a definição do ser humano e a educação familiar na vida da criança, que inicia em casa e se estende para a escola”, comenta Teresa Britto, relatora do projeto na Câmara Municipal de Teresina.