Cidadeverde.com

TCE inocenta Silvio Leite e diz que contrato da Agespisa e PagContas foi legal

Teve fim o julgamento do Tribunal de Contas do Estado (TCE), sobre o contrato firmado entre a AGESPISA S/A e a empresa PagContas em 2005. Após estudo sobre o contrato os conselheiros julgaram que o gestor do PagContas, o empresário Silvio Leite não obteve favorecimento pelo fato de ter exercido cargos públicos, e que não houve nenhum prejuízo para o Estado. O processo teve como relatora a Conselheira Waltânia Leal e foi votado por unanimidade.

Silvio Leite sempre se declarou tranquilo quanto ao assunto e enfatizou que não colocaria em risco um negocio em detrimento de um cargo publico e que foi alvo de uma campanha negativa e de cunho político. O PagContas que é o maior correspondente bancário do PagContas, com maior capilaridade continua sendo credenciado a Agespisa e prestando serviços ao Estado ao lado de mais 8 empresas, conforme novo credenciamento realizado em 2015.