Cidadeverde.com

Justiça Eleitoral adia recriação do PL

Um pedido de vistas na sessão desta quarta-feira, 30,  do Tribunal Superior Eleitoral, acabou adiando o registro que permite a recriação do PL (Partido Liberal). Mas segundo o deputado estadual Georgiano Neto (PSD), que está à frente do partido no Piauí, com o novo prazo para filiações, o ressurigmento do PR não será prejudicado. O problema é que o fortalecimento do partido dependia da inexistência da "janela" para mudanças de partido, recentemente confirmada na reforma política.  A situação acaba reduzindo a capacidade de atração da legenda.