Cidadeverde.com

Robert Rios nega influência na indicação

O deputado estadual e adversário número um do PT no Piauí afirma que nada fez, nem fará, para indicar cargos no governo. Segundo Robert Rios (PDT) a única coincidência na indicação é o partido, o PDT. O deputado esclarece ainda que Luis Carlos Martins chegou ao posto de secretário de Segurança por influência do próprio governador da época, Zé Filho (PMDB). O  preferido de Robert para o cargo era Ribeiro Magalhães Júnior, o Magal, que integrava sua equipe na pasta.