Cidadeverde.com

Vice inelegível

O ambiente político no município de Vila Nova do Piauí aqueceu nos últimos dias. O vice-prefeito, Adão Frutuoso (PSB), rompeu relações políticas com o grupo liderado pelo prefeito Arinaldo Leal (PSB), presidente da APPM (Associação Piauiense de Municípios), que já informou aos aliados não pretender disputar a reeleição. Mas o tiro do vice-prefeito saiu pela culatra. Quando presidiu a Câmara Municipal de Vila Nova do Piauí foi julgado e condenado pelo TCE-PI (Tribunal de Contas do Estado) por irregularidade na prestação de contas do  poder legislativo do município. A punição tornou o atual vice-prefeito inelegível por 08 anos. Com isso, a pretensão de concorrer ao cargo de prefeito este ano está gravemente comprometida pelo rigor da lei da ficha limpa.