Cidadeverde.com

PP, PMDB e PSDB disputam filiação de Zé Filho

O ex-governador está de malas arrumadas para deixar o PPS. A dúvida é o destino partidário. PP, PSDB e PMDB já demonstraram interesse na filiação de Zé Filho, que pretende disputar mandato proporcional em 2018 - o mais provável é o de deputado federal. O ex-governador e presidente da FIEPI (Federação das Indústrias do Piauí) só deve estabelecer uma condição na mudança de sigla partidária: que não seja aliada ao PT.  Na atual situação política do Estado,  o PSDB tem mais chances. Porém,  Zé Filho é amigo pessoal do senador Ciro Nogueira (PP) e do presidente Michel Temer (PMDB).