Cidadeverde.com

Freitas Neto defende reformas

Diretor de Assuntos Econômicos da FIEPI (Federação das Indústrias do Piauí), o ex-governador Freitas Neto considera as reformas trabalhista e previdenciária essenciais à retomada do desenvolvimento econômico do país. "A legislação trabalhista é da década de 1940, sem harmonia com a realidade atual", afirma. O diretor da FIEPI também defende a reforma da previdência. "O atual sistema está insustentável pelo enorme déficit. Ou se reforma agora ou daqui a pouco não há recursos para pagar aposentados e pensionistas", disse Freita Neto, que lamenta a politização do debate que ocorre na sociedade e na tramitação das matérias no Congresso Nacional. "Leva-se tudo para o lado político e com grande dose de demagogias. Isso é  vender facilidades que não podem ser cumpridas", avalia. Segundo Freitas Neto, o resultado é o Brasil quebrado e com 13 milhões de desempregados.

O ex-senador  está em Copenhaque, a convite da Associação da Instituições de Ensino Superior de São Paulo feito à Uninovafapi para conhecer o sistema de ensino da Finlandia e da Dinamarca. Na foto, Freitas Neto, a esposa e diretora da Uninovafapi, Cristina Miranda, e o  Embaixador do Brasil na Finlândia, Antonio Francisco da Costa e Silva Neto,  neto do poeta piauiense Da Costa e Silva.