Cidadeverde.com

Heráclito contesta farra de emendas na Câmara Federal

A oposição acusa o governo de promover distribuição de emendas parlamentares ao orçamento da União como moeda de troca para a rejeição da denúncia da Procuradoria Geral da República contra o presidente Michel Temer. O deputado federal Heráclito Fortes (PSB-PI) foi à tribuna contesta com números e partidos.

 “Nada mais fora de propósito e falso do que isso. Dirijo-me, inclusive, aos que estão em casa, nos ouvindo, para dizer que estou entregando à Taquigrafia a real situação das emendas liberadas até agora”, disse Heráclito.

Segundo afirmou o deputado, o DEM teve R$ 202 milhões de emendas empenhadas; o PCdoB, R$ 69 milhões; PDT, R$ 146 milhões; PEN, R$ 19 milhões; PHS, R$ 40 milhões; PMDB, R$ 651 milhões; Podemos, R$ 4 milhões; PP, R$ 380 milhões; PPS, R$ 59 milhões; PR, R$ 314 milhões; PRB, R$ 164 milhões; PROS, R$ 39 milhões; PSB, R$ 68 milhões; PSD, R$ 305 milhões; PSDB, R$ 443 milhões; PSOL, R$ 15 milhões; PT, R$ 478 milhões; PCdoB, R$ 28 milhões; PV, R$ 29 milhões; REDE, R$ 26 milhões de reais; Solidariedade, R$ 93 milhões de reais.